Carine Raposo

[Resenha Nacional] O Templo - Carine Raposo

sábado, setembro 24, 2016,2 Comments

Olá, clubenautas!

Como estão? Espero que muito bem!

Hoje, vim trazer uma resenha de um livro de uma autora nacional que vive me surpreendendo e se reinventando.
O livro é “O templo", da autora Carine Raposo, segundo volume da trilogia “O penhasco”.

Bora então saber o que achei?!
Let's go!



O Templo

Ao encontrar o Templo, ele descobriu a verdade. Ao entrar, se arrependeu.

Trilogia O Penhasco # 2

Carine Raposo 

ISBN-13: 9788547100292

ISBN-10: 8547100296

Ano: 2016 / Páginas: 304

Idioma: português

Editora: Publicação independente

"Se Liza lembrasse do ocorrido no cemitério, talvez encontrasse a explicação para as sombras. Ou talvez entendesse de onde vinham os sussurros em seus pensamentos. No entanto, tudo o que ela se recorda é de um nome: Ethan. Até um estranho se apresentar como seu amigo no Central Park, e roubar o diário de sua mãe. Onde estava sua única chance de desvendar o passado. Agora, sozinha em Nova Iorque, longe de seus melhores amigos e sem qualquer vestígio de memória, ela fará de tudo para descobrir o que aconteceu. Ela sente que precisa entender quem é o dono dos olhos esmeraldas invadindo seus sonhos. Mas o tempo não será suficiente. Pois enquanto afunda na terrível verdade sobre si mesma e sobre seus pais desaparecidos, Liza precisará impedir o casamento de sua irmã com um assassino. Um templo, ensinamentos, rituais, mistérios e morte. A todo tempo. Em todo lugar. Só uma decisão poderá salvá-los. E somente Liza poderá fazer essa escolha."


Fantasia / Romance / Suspense e Mistério

Compre AQUI








Resenha
Preciso começar essa resenha dizendo que faz mais de um ano que li "O Penhasco" e tenho problemas sérios de esquecer enredo do livro quando demoro a ler a sua continuação, então, peguei esse livro quase virgem de novo kkkkk…
"O Templo" começa de onde parou o penhasco e, desta vez, a protagonista Liza está sem memória (tipo eu hahahaha). O legal é que exatamente por essa minha péssima memória pude me conectar mais com a personagem e ir descobrindo meio que através de seus olhos, os mistérios que cercavam a história.
Não quero dar spoiler do primeiro livro, então, vou tentar não contar demais, ok?

Liza, nesse livro, mora em Nova Iorque e se encontra totalmente sem memória. O único de quem ela lembra o nome é Ethan, o noivo (do mal) de sua fria irmã Raquel.

Todos os dias Liza vai ao Central Parque ler e tentar lembrar do seu passado. Agora seu único amigo é um Husky Siberiano que passou a segui-la, e ela o batizou secretamente de Toffee. Os médicos não sabem como ou porque ela não recuperou ainda a memória e dizem que a qualquer momento a memória pode voltar. Ela sente um estranho sentimento de perda, além do vazio que a engolfa. Não se lembra de absolutamente nada depois da fatídica noite no cemitério. Ela não lembra  nem dos seus pais ou de seus amigos, Amanda e Ben.

Enquanto isso, no Coemiterium onde foi preso por Olaf (o mal) e uma espécie de purgatório está Nathaniel, que acha que Liza não sobreviveu. Só que tudo muda quando um homem chamado Johan com uma missão, tira Nataniel daquela prisão e mostra que na verdade Liza está viva, porém, antes de ir ao seu encontro, ele precisa aceitar os conhecimentos do templo, controlar as suas emoções e entender a sua missão…

Em contra partida, em Nova Iorque, Liza começa a sentir presenças nefastas. Um assassino à solta está matando jovens e deixando sua marca: uma orquídea negra. Tudo está intimamente interligado, e ela está completamente confusa, com os seus sentimentos bagunçados de uma maneira que ela não sabe ao menos o que sente por Ethan, mas eis que um improvável protetor surge para ajudá-la.

Amanda, melhor amiga de Liza, não se conforma com a distância imposta por Ethan, que deu como pretexto ordens médicas. Ela manda, então, um email escondido para Liza e resolve visitar a amiga mesmo contrariando Ethan. Essa visita inesperada vai trazer uma terrível revelação. Ao irem à uma possível vidente, elas encontram a casa do mago, e o espelho revela uma profecia assustadora da qual não terão como fugir…

Johan é um homem misterioso e sarcástico, com um passado sombrio que tenta ajudar Nate a encontrar sua verdadeira missão no templo, mas, qual seria o propósito dessa ajuda? Porque Nate não podia ir atrás de Liza e tudo parecia um grande enigma?
Verdades serão aos poucos reveladas e, saberemos então, respostas à muitas das questões deixadas no penhasco. Saberemos, enfim, sobre a origem do mal, o conselho dos anjos, a criação das almas gêmeas, o acordo do conselho com morte e, enfim descobriremos ainda mais sobre a alma dourada. Conheceremos a origem da virtude, do vazio e os vícios…


Minha opinião


Vou confessar que demorei a terminar o livro. Foram duas semanas lendo e me conectando os personagens novamente. Como tinha esquecido boa parte da história, em algumas partes me senti um pouco perdida. Mas o livro é contado em várias perspectivas e isso ajudou a aos poucos ir me aprofundando na história.

Sobre os personagens, nesse volume temos mais personagens fundamentais ao andamento da trama. Além dos já conhecidos vamos conhecer outros que vão fazer o leitor entender muitas das questões que, por fazerem parte de todo mistério, vou dizer apenas que cada um cumpriu bem o seu papel, alguns mais irritantes e dúbios (foi intencional), outros, nefastos e os já conhecidos que foram se revelando com seus sentimentos contraditórios ou sua determinação movida pelo coração.

Esse volume não é tão voltado pra fantasia e o romance quanto o primeiro. Na verdade, esse está mais ligado ao suspense e até uma pitada de terror (para a nossa alegriaaaa). Nesse, o leitor vai sentir um pouco mais de medo e as poucas cenas entre Liza e Nate terão seu auge apenas no finalzinho da obra (sorry românticas). Ahhh... nesse teremos um pequeno triângulo que terá sua importância para o desenrolar da trama.

O livro é denso, o tempo todo temos revelações, surpresas, reviravoltas e suspense. Algumas partes eu fiquei irritada como a parte onde Johan está “ensinando” Nate no templo, e que ele queria ir embora atrás de Liza, mas ao mesmo tempo, queria saber as lições de Johan, e Johan enrolando, enroscando (eu já estava quase indo no deserto dando um pescotapa no véio e tirando Nate de lá a base de puxão de orelha). Depois veio a Gaia e começou a me dar vontade de estrangular também (essa parte foi um pouco cansativa e até me irritou. Não posso mentir, certo?). Porém, até isso não tirou o brilho de toda a história que a Carine criou e teve seus porquês, então, não atrapalhou em nada o meu parecer final sobre a obra.

Sobre o desfecho, a Carine me paga! Vai ver só… Tipo ela foi má com os protagonistas e os seus leitores, mas como amo gente má, eu favoritei o livro esperando o desfecho no terceiro volume (Carine, não demora um ano, ok? Eu vou perder a memória de novo!!! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk e, é sério!)
Parte técnica: O livro está muito bem escrito e revisado. A escrita da Carine está cada vez mais elaborada, inteligente e experiente, não houve pontas soltas e, toda trama, apesar de complexa foi bem desenvolvida. Os capítulos são curtos, o que ao meu ver tornou livro mais leve.

A revisão, se tinha algum erro passou totalmente despercebido, sinceramente. A diagramação é simples, mas muito bonita. Na parte esquerda de algumas páginas temos desenhos de alguns pássaros em preto. A capa combina com a obra #pracegover Temos como predominante nessa capa cores como marrom, alaranjado e bege. Temos um templo estilo romano com duas colunas no que parece um deserto com suas dunas onduladas e um homem bonito com cabelos escuros, olhando diretamente para o leitor, enquanto parece caminhar em direção ao templo. O céu está alaranjado parecendo o prenúncio de crepúsculo. s nuvens envoltas estão escuras e alguns pássaros estão sobrevoando o local. O título está com letras estilizadas na cor dourada na parte de baixo. O nome da autora vem na parte superior.
As páginas do livro são em tom sépia, o tamanho e fonte são muito boas e facilita a leitura sem cansar a visão.

Em suma, recomendo a todos os leitores que gostam de fantasia com anjos e demônios, onde o bem e o mal estejam presentes com muito suspense, adrenalina e uma pitada de romance e terror. Se deixem invadir pelos mistérios do templo e se aventurem nos segredos deixados no penhasco .

Para a Carine, um agradecimento especial pela oportunidade de poder resenhar mais uma vez um trabalho seu. A cada novo livro viro mais fã de sua escrita! Desejo todo sucesso do mundo!



Sobre a Autora

Carine Raposo:

Sou uma leitora voraz, apaixonada por romances e fatalmente atraída por mistérios desde que me entendo por gente. Além de ser viciada em seriados e amante do cinema. Vim da geração Potterhead, passei por Fallenatic e hoje sou time Delena. Li tanto, mas tanto, que passei a sentir as histórias vivas dentro de mim. Assim, resolvi deixá-las sair. Depois disso, não parei mais de escrever (quem disse que os personagens deixam? Elas falam na minha cabeça à noite quando eu tenta dormir). 

CONTATO: FACEBOOK SITE SKOOB - O PENHASCO 



E vocês, leitores, gostaram da resenha?
Já leram ou pretendem ler as obras da Carine? 
Deixem seu comentário e façam uma Blogueira muito feliz!
Até mais!!!
Beijos.

~Giu~

You Might Also Like

2 comentários:

  1. Oláá!!
    Gostei tanto dessa sinopse e dessa resenha! Sempre curto livros de fantasia, e você ainda falou que tem um pouco e romance eee terror :) Vou procurar!
    e também vou me identificar com a personagem, já que vivo esquecendo as coisas hehe ainda bem que o 1 e o 2 já estão disponíveis para ler seguido do outro
    beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamara, menina a Carine é uma autora maravilhosa vale a pena conhecer!
      Obrigada pela visita e pelo comentário, volte sempre :D

      Excluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.