Postagem em destaque

[Promoção Mães Leitoras] com Rô Mierling e blogs parceiros (serão 7 ganhadores!)

Olá queridos leitores! Em comemoração ao Dias das Mães , a escritora Rô Mierling e blogs parceiros se reuniram para presentea...

[KATE INDICA] Stranger Things


Bem... Não sou lá uma viciada em várias séries, mas, quando gosto de uma, não largo até acabar com todos os episódios disponíveis e, claro, sofrer com os hiatus. (Convenhamos, eles são um tormento, né?)

Então, vamos lá! A minha dica deste post é a série do momento, a queridinha, a mais falada nas redes sociais e à qual eu me rendi

STRANGER THINGS

Sinopse
Ambientada em Montauk, Long Island, conta a história de um garoto que desaparece misteriosamente. Enquanto a polícia, a família e os amigos procuram respostas, eles acabam mergulhando em um extraordinário mistério, envolvendo um experimento secreto do governo, forças sobrenaaturias e uma garotinha muito, muito estranha.


Trailer

A série possui apenas 8 episódios – isso, é para chorar mesmo – e, como diz na sinopse, toda a trama começa com o desaparecimento de Will Byers. Ok. Começa aí para nós, meros expectadores, porque o sumiço da criança foi apenas o estopim que levou a várias descobertas. 

Não gosto de ficção científica, mas sinceramente a série está bem longe de ser ‘focada’ nisso. Há uma mistura de diversos gêneros que mexem bastante com o nosso psicológico. Chequei cada um dos meus amigos após ver um dos episódios...
Mas, se você não gosta de terror, fica tranquilo, fui a única que tive esse medo bobo. Não é uma série assustadora! Por favor! Sou tão louca que, olha só, o que mais me interessou foi o lance meio sobrenatural da coisa mesmo, então, sou do tipo que tenho medo, mas vou lá fuçar, entendeu?!
Todos os episódios foram excelentes, mantendo o nível do começo ao fim – ok, vou falar sobre o final depois – e tentando-me a maratonar, mesmo que não pudesse.

Agora, vamos a um breve resumo...
Will Byers é um menino bastante inteligente e que faz parte de um grupinho de alunos muito estudiosos no colégio: Mike, Lucas e Dustin. Os quatro sofrem bullyng e esse foi um ponto bem interessante na série porque levou a realidade para a ficção. E são os três que partem em uma investigação paralela à polícia para encontrar o amigo, porém o que acham é totalmente inesperado, colocando-os em risco.

 Quem procura acha, né?! Rs

Os três encontram Eleven, uma menina completamente sozinha, na Floresta das Trevas, referência aos livros de J.R.R. Tolkien. Digamos que Eleven ou 11 (né?) não seja exatamente o nome da garota, mas sim uma tatuagem que ela carrega no pulso e pela qual está acostumada a ser chamada. Quem é Eleven? Por que a tatuagem? O que significa? De onde ela veio?
Eleven é um dos melhores personagens da série e olha que é difícil escolher diante de tantos bons. E sofri bastante por ela. Continuo sofrendo, aliás, né? Mas para isso você vai ter que ver para entender.

A polícia inicia as buscas, porém, no início é reticente com a expectativa da mãe ou com as alegações dela de que o filho está tentando se comunicar. Normal. Até que algo acontece para que o delegado acredite.


Então, outro desaparecimento. E este une outros personagens. Confesso que shippei esse ‘casal’ que se formou na busca pelos desaparecidos e vou calar minha boca para não dizer se fui ou não feliz. 
Por que assistir?
Porque a série mexe realmente com o nosso psicológico, como disse anteriormente, trazendo sentimentos de amizade, mostrando aquilo que as crianças fazem melhor do que os adultos: que é amar e ajudar. Cada personagem tem sua história única de vida e imagino que na segunda temporada isso seja muito mais abordado, trazendo outras vertentes para a história por trás do sumiço.

Sobre o final...

Fiquei sem reação. Sério! Como assim acabou? Queria respostas, muitas. E tudo acabou simplesmente como se os créditos tivessem subido antes da hora, porém compreendo que em oito episódios é realmente difícil destrinchar um grande enredo. Fico com a impressão de que o foco da segunda temporada será em outro assunto, ou melhor, em outro personagem. Eleven <3 

Ouçam essa música! É demais... 






Até a próxima <3
Beijinhos.
Kate
Nascida e criada no Rio de Janeiro, Katerine Grinaldi já visitou lugares que não estão nos mapas convencionais. Isso graças ao seu amor pela literatura, tanto no ato de ler como no de escrever. Encantada com histórias que fazem pensar e por personagens de apaixonar, Katerine decidiu criar outros mundos para que leitores – como ela - pudessem visitar. Advogada, ela não abandona um de seus maiores prazeres: escrever. A Herdeira, seu primeiro livro, foi lançado na Bienal do Livro de 2015.

CONTATO: FACEBOOK - GRUPO NO FACEBOOK - SKOOB - WATTPAD - AMAZON



Um comentário:

  1. Oi, Katerine! Ótima indicação! Eu também amei a primeira temporada e estou curiosíssima a respeito da segunda.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.