Postagem em destaque

[Promoção Mães Leitoras] com Rô Mierling e blogs parceiros (serão 7 ganhadores!)

Olá queridos leitores! Em comemoração ao Dias das Mães , a escritora Rô Mierling e blogs parceiros se reuniram para presentea...

[Dicas de Filmes] Como Eu Era Antes de Você

Olá, gente linda!
Eu sei que esse filme já foi muito comentado por aí. Aliás, faz um tempinho que ele foi lançado e, então, você deve estar se perguntando por que só agora resolvi falar sobre essa adaptação para o cinema do livro “Como eu era antes de você” da escritora Jojo Moyes, certo?
Bem, queridos amigos, my hearth is broken (meu coração se partiu). Me desfiz em lágrimas, e ela bem que me avisou, né, Vanda Costa??

Bora logo falar do filme que me fez ficar com os olhos inchados às 4 da matina, em um final de semana de tédio.

Let´s go!



Às vezes você encontra o amor onde menos imagina. E às vezes ele te leva onde nunca esperou ir. Louisa "Lou" Clark vive em uma pitoresca cidade de campo inglesa. Sem direção certa em sua vida, a criativa e peculiar garota de 26 anos vai de um emprego a outro para tentar ajudar sua família com as despesas. Seu jeito alegre no entanto é colocado à prova quando enfrenta o novo desafio de sua carreira. Ao aceitar um trabalho no "castelo" da cidade, ela se torna cuidadora e acompanhante de Will Traynor, um banqueiro jovem e rico que se tornou cadeirante após um acidente ocorrido dois anos antes, mudando seu o mundo dramaticamente em um piscar de olhos. Não mais uma alma aventureira, mas o agora cínico Will, está prestes a desistir. Isso até Lou ficar determinada a mostrar a ele que a vida vale ser vivida. Embarcando juntos em uma série de aventuras, Lou e Will irão obter mais do que esperavam e encontrarão suas vidas - e corações - mudando de um jeito que não poderiam ter imaginado.

Ano: 2016
Direção: Thea Sharrock
Música composta por: Craig Armstrong
Autora: Jojo Moyes
Roteiro: Jojo Moyes




Trailer


Resenha


Xentiiiiiii linda, vocês sabem que tenho gostos peculiares? Ahahaha... Não, não. Para a palhaçada que não é que nem os do tio Grey, não! Geralmente eu sou anti-Romântica, com R maiúsculo, mesmo. Atualmente, leio poucos romances e assisto menos ainda filmes, porémmmmmmmmm, minha BBF forever Vandinha falou tanto desse livro que resolvi ver o filme assim, como quem quer nada e... pah! Tiro no coração de gelo. Sim, fiquei apaixonada pelo Will e pela Lou :/
Pelo que soube da história (muitos spoillers choveram na linha do tempo do FB na estréia do filme, então, já sabia começo meio e fim e odeioooooooo isso), mas o fato de a autora ter escolhido o elenco e escrito o roteiro, o livro seguiu fielmente a linha do livro. Posso afirmar isso? Por não ter lido a obra, obviamente que não, mas mantenham a calma, porque já decidi que antes das 12 badaladas do dia 31/12/16, lerei o livro e trarei, ainda que tardia, a resenha para nosso querido clube.

Vamos falar um pouco da história?? Louise é uma moça terrivelmente doce, desastrada e engraçada, (amei a desgramida como jurei que jamais faria...  hahahaha...Morde a lingua, Giu!). Ela acaba de perder o emprego e por sua família depender de sua ajuda, já que seu pai ficou desempregado também, ela tem que arrumar um emprego urgentemente. Ela vive com seu pai, sua mãe, irmã e sobrinho e tem um noivo (chato pra caraio e narcisista do cacete). Então, ela vai até uma agência de empregos e a vaga que tem disponível é para ser cuidadora de uma pessoa com deficiência. Ela aceita, mesmo sabendo que várias pessoas antes dela desistiram por se tratar de uma pessoa de difícil convivência. Ela vai para a entrevista (toda desastrada rasga a roupa hahaha...) e, milagrosamente, (acho que a mãe dele estava desesperada) consegue o emprego. Porémmmm, quando vai conhecer o “paciente” (bem, ela imaginava que era mais velho e tals), se depara com Will, (que mesmo descabelado, com barba é tudo de bom e mais um pouco, né?). Ele obviamente como é contra a super proteção da mãe, trata-a de maneira grosseira e indelicada, mas Louise é brasileira e não desiste nunca…. (opa! Na verdade ela não é brasileira, é só força de expressão)..
Pouco a pouco Lou com seu jeitinho meigo e com roupas extremamente exóticas vai baixando a guarda de Will e aos poucos eles vão se aproximando… Oint… Ele é fofo, ela é fofa, eles são lindos, mas……como dizia meu lindo ruivinho ED Sheeran, "Love Can Hurt" (O amor pode doer). Ela descobre a verdadeira intenção verdadeira por trás daquele cuidado, a mãe de Will está tentando, desesperadamente, que seu filho desista de… morrer :(
Então Lou, que já está completamente apaixonada por ele, decide tentar dissuadi-lo dessa ideia, mostrando-lhe que a vida pode parecer uma bosta, mas se você enxergar o amor e a beleza nas pequenas coisas, tudo pode mudar, certo? Certo?? :(  Não vou estragar com spoiler, então, paro por aqui!


Minha Opinião


Ahh, gente. Que filme lindo! Como me apaixonei pelo jeitinho da Lou. Ela me conquistou e Will também, com aquele sorriso torto, aquele brilho no olhar... quero ele pra mim, minha gente (marido, não leia essa resenha. Hahahaha...).  A fotografia do filme está linda. As cenas muito delicadas mesclam romance, drama e comédia. Quem disse que não dá pra rir e chorar em um filme de amor??? A trilha sonora é linda, tem Ed!!!
Achei a escolha dos autores perfeita. A Louise é uma graça e o Will passou todos os sentimentos conflitantes e toda dor que uma pessoa tetraplégica deve sentir. O noivo da Lou era o babaca dos babacas. Quis dar um soco no nariz dele e mandar ele voltar a ser o gordinho fofo do Harry Potter, rum!
Agora, falando sinceramente, eu entendi o final. O filme foi feito de uma tal forma que você consegue entender os dois pontos de vista: o da Lou e o do Will, e apesar de já conhecer o final, entendi, de verdade, a mensagem. Ele tinha tudo antes de ficar daquela maneira, vivia intensamente a vida, era um cara de sucesso com toda uma vida pela frente…


SPOILER!!!
Ele pensou muito nela também quando decidiu morrer. Ele não queria ver a Lou presa a uma vida que ele mesmo odiava, pois a saúde dele era frágil, com inúmeras internações, dores horríveis. Na opinião dele, ela não teria uma vida plena ao seu lado. Ele também pensou no sofrimento dos pais a cada ida ao hospital, a cada vez que ele quase morria. Não seria mais fácil ir embora, despedir-se, dizer adeus a todos que ama

enquanto estava "bem"?Sair dignamente pela porta da frente e com o amor de todos a sua volta? Enfim, eu não faria o que ele fez, e não concordei, mas entendi do fundo do meu coração.
FIM DO SPOILLER


Enfim, eu chorei litros e litros, amei demais a história e recomendo até mesmo como reflexão. A mensagem é bonita, então, se está com medo de só chorar, fique tranquila, pois isso só acontece no finalzinho. Há muitos mais sorrisos que lágrimas, pois você se apaixona por aqueles dois e não tem como ser diferente. Se você gosta de histórias românticas e dramáticas, pode ver sem moderação, mas prepare a caixa de lenços!






Gostaram da dica?
Então comentem se já assistiram ou se pretendem assistir!
Beijos e até a próxima.

Giu

4 comentários:

  1. Giu!! Socorro, depois dessa resenha fiquei mais ansiosa ainda para ler (você não tem noção). Mas ainda estou na dúvida entre ler ou assistir, o que você me recomenda? Amei a resenha <3. Beijos
    www.heyclaara.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clarinha!! Bem vinda de volta!
      Então, fico te devendo a comparação não li, quem leu disse que o livro é mais completo, mas o filme é muito bom então vá sem medo de assistir, depois eu vou ler hahahahaahha ai digo qual é melhor <3 beijocas

      Excluir
  2. JA ASSISTI E AMEI O FILME.AGORA QUERO LER "DEPOIS DE VOCÊ" A CONTINUAÇÃO DA HISTÓRIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou doida pra ler os dois, eu por enquanto só vi o filme, mas quero fazer uma resenha dobrada em dezembro com os dois juntinhos <3 beijos e obrigada pela visita!

      Excluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.