Postagem em destaque

[Promoção Mães Leitoras] com Rô Mierling e blogs parceiros (serão 7 ganhadores!)

Olá queridos leitores! Em comemoração ao Dias das Mães , a escritora Rô Mierling e blogs parceiros se reuniram para presentea...

[Dicas de Séries] Resenha de American Horror Story Temporada #01


American Horror Story: Murder House, originalmente American Horror Story que é a primeira temporada da série de televisão americana de drama/terror do canal americano FX, criada por Ryan Murphy e Brad Falchuk. Estreou nos Estados Unidos em 5 de Outubro de 2011, no Brasil em 8 de novembro de 2011 pela Fox Brasil (fonte Wikipédia)


Olá leitores lindos!

Eu a anciã chata do blog (Giu) que sempre me orgulhei de não assistir a séries, vim me redimir e contar o que achei da série #AmericanHorrorStory. Finalmente vi a primeira temporada (não revira os olhos que Deus ta vendo,ok?). Não sou de assistir a séries, não que eu não curta, eu até via algumas quando era solteira (ainda dava no SBT, é fato que sou um Matusalém). Só que hoje como tenho um filhotinho que rouba todas minhas horinhas vagas e o que sobra eu leio, escrevo e mexo no blog onde vos falo..hahahaha, nunca mais tinha acompanhado nenhuma...

Mas eis que o derradeiro dia em que estava entediada x bloqueada para leituras, fui assistir um episódio, e como não é novidade para ninguém que eu amo terror, então a escolha parecia óbvia: American Horror Story.  Sentei na cama no domingo às 20 hrs da noite para ver um episódio........................................ E quando vi, fui até as 4 da manhã :o

Mas não era apenas um episodio giuliana? Era, mas meu amigo/a fui fisgada, não conseguia parar mais de apertar play ,após play nos próximos episódios e hoje quarta feira vim dizer que.... estou na segunda temporada em dois dias o/ 



Agora sim, irei contar o que me prendeu tanto a essa série M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.A

Me acompanhem...


Trailer



Resenha

Vamos começar pelo começo? Hahahaha, falando sério que abertura é aquela??? (veja AQUI)

Senhorrrr é assustadora e viciante, abertura remete ao passado com vidros daqueles cheio de etér para conservar partes humanas em um porão escuro, misturado com fotos antigas de crianças, sangue e uma música sinistra. Já começa por ai o acerto da série na minha opinião.

Mas o que fala a primeira temporada afinal? Giuliana sua louca.
A primeira temporada começa com uma família Harmon se mudando para uma linda e antiga casa, só que essa casa grande e bem localizada está sempre muito abaixo do preço do mercado imobiliário, pois seus antigos moradores morreram de maneira... Violenta. Isso é o que dito para a família pela corretora, porem a obrigação legal dela é que ela conte apenas sobre os assassinatos e mortes no período de três anos. Só que  as décadas daquela construção escondem um rastro de sangue, mortes, dores e violência.

Essa família está tentando superar problemas familiares; um aborto e um caso extraconjugal, então resolvem que essa mudança fará bem a todos, seria uma chance de recomeço. O pai Ben é psicólogo, a mulher Vivien é uma ex musicista e a filha Violet uma adolescente que está passando por uma fase conturbada de transição. A casa é grande então Ben resolve atender seus pacientes dentro da casa.

Dentro dessa historia ainda conhecemos Constance, a vizinha  excêntrica que parece estar sempre dentro da casa e sua filha Adelaide, que tem síndrome de down, a trama vai se abrindo em um leque onde todos são fundamentais. Decreto desse cenário ainda temos Tate, um rapaz problemático que começa a se consultar com Ben,  odeia a sua mãe , tem tendências psicóticas e começa um amor doentio pela filha do casal, Violett.
 E não esquecendo a misteriosa empregada que parece sempre está testando a fidelidade de seu patrão. Tudo na trama está interligado. A maioria dos capitulos começam com trechos de casos no passado, e logo passamos pra história atual e a correlação entre elas.

Cada episódio vão se solucionando os mistérios e surgindo novos, a ponto de você não querer parar de assistir até saber tudo. Os cenários, cenas, trilha sonora e fotografia da série são impecáveis, eu amei o suspense e essa teia que se formou em volta de todos os personagens, gente foi genial!

"Tudo o que você tem que fazer é dizer a eles para irem embora... e eles irão."American Horror Story


Eu sempre amei o sobrenatural, terror e suspense. A primeira série que vi do gênero se chama “Além da Imaginação Referências Wikipédia” em 2002 que é uma refilmagem da primeira versão que teve foi sucesso em 1959. Inclusive acho que além da imaginação deve ter sido a pioneira nesse gênero, e precursora para que surgissem outras como a própria American Horror Story, eu só posso dizer que ameiiii, me senti em casa assistindo essa primeira temporada.

Essa primeira temporada tem um episodio piloto e mais 11, somando assim 12 episódios onde cada um varia a duração em torno de 40 à 50 minutos (muito bem aproveitados), não existe monotonia, não existem furos, a série é como disse lá em cima perfeita, os atores estão de parabéns e os criadores mais ainda (eu amo vocês).

Recomendo para todos que como eu, tenham uma mente doentinha hahahah, que amam sobrenatural, fantasmas, sangue, vísceras, possessão, demônios e muito suspense, preparem a pipoca e sejam felizes meus amigos! Agora se você tem medo até da sombra da sogra no espelho rala peito dessa série e vai ver chaves hehehehehe ou My Litle Poney.

"Sabe porque vou deixá-la em paz? Ligo mais para seus sentimentos do que para os meus. Eu amo você."American Horror Story


Então é isso, espero que como eu, vocês Shippen e odeiem o casal Violet e Tate #Violettate com sua juventude perturbada tão sedutoramente tenebrosa.

E vocês, já viram algum episodio? 
Gostam desse tipo de série? 

Espero vocês na próxima temporada, já comecei e em breve trago minhas impressões sobre Asylum, bye!


9 comentários:

  1. Ei, Giuli!
    Eu sou fã maluca de AHS (aprendeu a sigla? XD) e a primeira temporada pra mim é a que venceu todas as minhas expectativas até agora (ainda não assisti a 5ª - hotel)! Eu acho essa série muito boa, primeiro pq eles usam esse estilo antológico que a diferencia dos demais seriados e depois pq o suspense/terror dela é sempre baseado nas lendas urbanas ou em fatos reais, isso dá pontos e eleva o clima de tensão. Particularmente, acho que vc vai gostar muito da 3ª temporada tb. E aproveito pra deixar mais umas indicações terroríficas: Supernatural (caçadores Winchesters - já tem 12 temporadas!!), Outcast (possessão demoníaca), The Walking Dead (zumbis), The Bates Motel (clássico!!!), Hannibal (outro clássico, efeitos fenomenais). bjin!!

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    Eu também sou fã de AHS, além de ser tão tenso que chega a ser perturbador a série apresenta um teor filosófico ao analisar os diversos medos que nos cercam: reais ou não, e como a morte nos incomoda por mais que fingimos que não pensamos nisso. A minha temporada preferida foi Asilum (a segunda) que se passa em um hospital psiquiátrico na década de 60 e tem de tudo: demônios, nazismos, et, serial killers e loucura de todo jeito.

    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  3. Giu, amiga louca!
    Então, "cê" me conhece né?! hahahah Se tem "Horror" no nome, eu já tô fugindo! hahahahah Apesar de ouvir maravilhas da série, e até ficar curiosa para assistir, eu juro que não tenho coragem. Essas coisas realmente me repelem, eu sou completamente "flores e coraçõezinhos". Mas quem sabe um dia eu não me aventure, pode ser que eu me surpreenda!

    Um beijo enorme!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vou ficar mom o My Litle Poney por enquanto! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  4. Não veria essa série de jeito nenhum, sou a pessoa mais medrosa que conheço pra essas coisas. Elas me dão pesadelos e odeio isso, então prefiro nem me arriscar. Só pela descrição da abertura eu já desistiria bem no início dela. Chaves ou My Little Poney são bem mais a minha cara... hahaha... Mas que bom que gostou tanto e se viciou desse jeito!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Giu...
    Fico muito feliz de ver que você se entregou as séries principalmente a AHS. Eu particularmente gosto da segunda temporada Asylum e quarta temporada Freaky Show.
    Espero que continue assistindo...
    Beijuh

    ResponderExcluir
  6. Pois então, sei que essa série fez e ainda faz o maior sucesso. Sei que tem muitos fãs e reconheço todas as qualidades e o fato de ser envolvente,
    Como você comentou. Mas eu simplesmente não consigo assisti-la. Já tentei e não vai.

    ResponderExcluir
  7. Olá Giuli...vem me abraçar querida, tamo junto nessa de não conseguir acompanhas as séries atuais. Eu simplesmente não tenho paciência de esperar uma semana para que um novo episódio esteja disponível, kkkk

    Bom, eu já conheço a série, é uma das poucas que eu acompanhei nesses últimos tempos. E assisti quase todas as temporadas, mas empaquei feio nessa última do Hotel, com a Gaga.
    Para mim, a melhor foi essa a qual você resenhou <3
    A melhor história, interpretações, ambientação e enredo <3
    A pior, na minha opinião fio a das bruxas (isso pq eu consegui terminar toda a temporada), não vou dizer q a última é a pior porque eu não assisti tudo, quem sabe não melhorou lá pro final...kkkk

    Abraços

    ResponderExcluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.