Postagem em destaque

[Promoção Mães Leitoras] com Rô Mierling e blogs parceiros (serão 7 ganhadores!)

Olá queridos leitores! Em comemoração ao Dias das Mães , a escritora Rô Mierling e blogs parceiros se reuniram para presentea...

[ColaborAutoras] Resenha Nacional - A Deusa de Anília e Outras Histórias - Cláudia Miqueloti!!!

Olá Gente linda.

Hoje temos Resenha Nacional de A Deusa de Anília e Outras Histórias da nossa autora parceira Cláudia Miqueloti!!!

Eu sou a Ingrid, ColaborAutora fofa do Clube do Livro 


A Deusa de Anília e Outras Histórias

 Ano: 2015 / Páginas: 184
Idioma: português

Editora: Litteris


Sinopse


A Deusa de Anília

Um terrível dragão aterroriza a ilha. Krisna Rimeriano precisará de toda sua determinação e coragem para salvar sua amada ilha e conquistar o coração do valente Negro.

A Maldição de Gohran
A cidadela de Manarga vive sob uma maldição imposta pelo temível dragão Gohran. O jovem Menetto e seus companheiros precisam ser bem sucedidos para que Manarga não desapareça.

Mielim e a Harpa Encantada
A harpa dourada foi roubada, debaixo das orelhas pontudas dos Elfos de Lothuen. Bravos guerreiros saíram no encalço do ladrão.

O Inferno de Razhenda
O Reino de Razhenda foi devastado por Cormedhor de Austrúcia, um mago ensandecido, que vem se utilizando de seres humanos como cobaias para suas experiências cruéis.

Tremaría e o Gigante da Montanha de Gelo
Uma terrível e monumental criatura, está aterrorizando os viajantes que precisam cruzar a Montanha do Vento Cortante. Kági, Dovan, Armando, Sáfio Liso e a doce barda Jocelyn precisam urgentemente de um trabalho, pois seus bolsos estão vazios.





Cláudia Miqueloti


Biografia

Cláudia Miqueloti, nasceu em 1973, na cidade de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. 

Digitadora em uma instituição de ensino. Aos fins de semana, leciona Japonês para turmas kids. 
Escreve desde os 10 anos. É admiradora da Obra de J. R. R. Tolkien e apaixonada por Literatura Fantástica. 
Foi, por um tempo, jogadora assídua de RPG (Role Playing Games) e Magic the Gathering. Aprecia um bom Rock, j-pop e k-pop.
Em 2011, publicou o livro de poesias Labirinto do Sol e da Lua pela Edirota Litteris, sob o selo 4 Quártica Premium. O livro foi lançado na XV Bienal do Livro do Rio de Janeiro.
No momento está escrevendo um romance sobrenatural.
“O real e o fantástico são como dois polos de atração simultânea. A veracidade de um completa o imaginário do outro.”





Resenha


A Deusa de Anília e Outras Histórias é um livro que contém cinco histórias em formatos de contos com características em comum. Todos são extremamente criativos, mas o meu favorito é o primeiro, A Deusa de Anília.


...

A Deusa de Anília:

No Penhasco dos Raios, Krisna Rimeriano, arriscava-se ao tentar conter a fúria de uma grande tempestade que provocava muitos estragos e alagamentos na pequena cidade de Anília, localizada em uma Ilha. Lugar este que sofria constantemente com a fúria dos Deuses. Onde Krisna era considerada uma Deusa.

“A tempestade parecia estar guerreando contra um punhado de soldados rasos que, ao menor sinal de perigo, debandavam como crianças desprotegidas.”

Krisna havia conseguido novamente acalmar os ânimos dos Deuses, porém, sentia que algo estava errado. Então organizou uma reunião com o Conselho Supremo, cujos integrantes eram os chefes de todas as aldeias locais. Propondo deter o mal pessoalmente. 

Determinada a encarar o perigo de frente. Surpreendendo-se com o que encontrou ao longo do caminho.

A Maldição de Gohran:

A cidadela de Manarga vivia há muitos anos amaldiçoada pelo terrível dragão vermelho, chamado Gohran.  Sempre, ao completar cinco verões, o filho primogênito de um casal era acometido de uma loucura insana que o levava a morte. Os cidadãos aflitos tentaram de tudo para quebrá-la, porém, qualquer feito foi em vão.

“Gohran era temido por todos. Ainda que não abusasse de sua presença constante, ninguém saia às ruas sem carregar consigo alguma proteção.”

Então, durante uma reunião do Conselho dos Oito, os representantes de todas as localidades resolveram enviar uma caravana ao covil de Gohran. Sendo escolhidos os seus melhores homens: Menetto, Barigor, Lemedel e Mestre Uddle, nomeados de O Quarteto Salvatore.

Eles estavam responsáveis pelo êxito da missão que salvaria, ou não Manarga.

Mielim e a Harpa Encantada:

Ao descobrir que a harpa dourada que protegia a Floresta de Lothuen dos lobos, onde morava com sua família. Um elfo muito corajoso, chamado Mielim, via-se inconformado com a descrença de seu pai, Tulleir, em sua capacidade de ajudar o Conselho Élfico a encontrá-la.

“Mas a aventura que ele tanto desejava estava indo ao seu encontro, como se ouvisse os pedidos de seu coração.”

Tulleir havia lutado há cerca de quarenta anos contra os anões em uma batalha. Logo, partiu na missão de resgate da harpa levando consigo os mais bravos guerreiros. No entanto, Mielim também o fez, embarcando em uma inesquecível jornada acompanhado dos elfos do Conselho Menor.  

O Inferno de Razhenda:

O reino de Razhenda era dominado pelo cruel mago Cormedhor de Austrúcia. Um homem inteligente e dominador, que praticava experiências com seres humanos, e raptou a jovem princesa Mellian de apenas dezesseis anos de idade.

Kallinger era um andarilho das florestas que sofreu nas mãos do mago, a ponto de lhe restar somente as suas lembranças. 

“Não tínhamos muito tempo. Cormedhor era astuto demais para não perceber que estávamos à sua procura.”

Kallinger havia sido escolhido junto a quatro guerreiros pelo Rei Dam Hor, para resgatar a princesa. Dispostos a matar o mago, eles seguiram para uma terrível jornada. Forçados a encarar os piores obstáculos possíveis.

Tremaría e o Gigante da Montanha de Gelo:

Dovan, Káji, Sáfio, Armando e Jocelyn pegam carona no barco de um capitão conhecido como Tubarão do Mar. Um homem experiente e determinado a contar suas histórias. 

 “Aos poucos só se ouvia o rumos das ondas do mar batendo nas rochas como a lançar um feitiço sobre a cidade adormecida.”

Assim que desembarcaram, despedindo-se do capitão. Os cinco seguiram a procura de alimento. E sempre atentos ao que acontecia ao seu redor, conseguiram trabalho e comida de graça. Partindo em uma missão para a Montanha do Vento Cortando onde os viajantes estavam sendo aterrorizados por uma terrível criatura. 

...

A linguagem é de fácil compreensão, proporcionando uma leitura leve e rápida. A escrita da autora é fluída e detalhista. Os personagens são peculiares, altruístas e corajosos. 

A capa é linda, fantasiosa e possui uma cor incrível. A diagramação é simples e a revisão ótima.


Dou cinco estrelas e recomendo!



Ingrid M. SNascida em 03 de outubro de 1993, é formada em Design de Moda, mora com o marido em uma cidade pequena e muito pacata no interior de Santa Catarina. Ama escrever desde criança, mas somente em 2014, resolveu publicar algo através do Wattpad.

É sonhadora, criativa, detalhista e muito teimosa, uma viciada em livros e chocolate, simplesmente apaixonada por dias frios e chuvosos. Gosta muito de 
desenhar, assistir comédias românticas e seriados. 

CONTATO: SITE  - FACEBOOK -  GRUPO NO FACEBOOK - SKOOB - WATTPAD  - AMAZON

Gostou dessa postagem??? Quer mais??? Que tal me enviar dicas superlegais sobre seus autores (a) favoritos, livros, séries, filmes, músicas, livros, entre outros assuntos? Deixem suas sugestões nos comentários...

Beijinhos Ingrid














2 comentários:

  1. Oá Ingrid. Primeiro parabéns pelo seu blog. A forma como você postou a resenha com as imagens para cada história proporcionou um toque especial à sua resenha. Parabéns! Fico feliz que tenha gostado das histórias. A Deusa de Anília é minha queridinha e vai ganhar continuação, assim como a última história. Não agora, pois engatei a marcha em um romance sobrenatural e só consigo pensar nele. Mas com certeza será meu próximo trabalho.

    Beijos doces e boas leituras daqui pra frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada!!!

      Com certeza vou querer ler...

      Beijokas

      Excluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.