Postagem em destaque

[Promoção Mães Leitoras] com Rô Mierling e blogs parceiros (serão 7 ganhadores!)

Olá queridos leitores! Em comemoração ao Dias das Mães , a escritora Rô Mierling e blogs parceiros se reuniram para presentea...

[Livros que viraram filmes] - Livros Nacionais que foram adaptados

Oieee!

Outro dia vi uma publicação interessante em uma página do Facebook. A postagem era sobre as possíveis razões de tão poucos livros brasileiros terem sido adaptados para o cinema. Então pus-me a pensar e lembrei de muitos filmes que foram inspirados em livros e notei que não foram tão poucos assim, na verdade, foram muitos.
Vamos conferir, então, quais são as obras que ganharam vida nas telinhas e telonas? Depois, deixe seu comentário, contando-nos qual obra você já leu/assistiu! 


Memórias Póstumas de Brás Cubas: Foi lançado em 1985 Brás Cubas, com direção de Júlio Bressane. Em 2001 foi a vez da versão dirigida por André Klotzel, que recebeu o nome Memórias Póstumas. A adaptação mais recente tem Reginaldo Faria como personagem principal e Marcos Caruso como Quincas Borba, além de Sônia Braga interpretando Marcela.
Quincas Borba: baseado na obra do escritor realista Machado de Assis, teve uma adaptação lançada em 1987. Dirigido por Roberto Santos, o filme tinha Laura Cardoso no elenco. Vale muito a pena conferir.
Dom Casmurro: Lançado em 2003, é mais uma adaptação de um livro de Machado de Assis, fecha assim a trilogia realista. Ao filme teve direção de Moacyr Góes e no elenco Bruno Garcia, Marcos Palmeira e Maria Fernanda Cândido. Essa versão adapta livremente o livro, a trama é colocada nos dias de hoje. Recomendo!
Primo Basílio: 
Lançado em 2007, é uma adaptação da obra de Eça de Queirós. Dirigido por Daniel Filho, tem no elenco Fábio Assunção, Reynaldo Gianecchini, Glória Pires e Débora Falabella. O roteiro de Euclydes Marinho muda a história original, colocando a temática da traição, que se passa em Portugal no século XIX, na cidade de São Paulo em 1958.  
Macunaíma: de Mário de Andrade, para o cinema data de 1969. O protagonista foi interpretado por Grande Otelo. Paulo José, Dana Sfat e Milton Gonçalves também estavam no elenco. A comédia foi escrita e dirigida por Joaquim Pedro de Andrade. 
O Auto da Compadecida: Um dos meus filmes brasileiros favoritos! Lançado em 2000, é baseado no livro de Ariano Suassuna. Com direção de Guel Arraes e roteiro de Adriana Falcão, o filme tem no elenco Matheus Nachtergaele, Selton Mello, Marco Nanini, Fernanda Montenegro, Denise Fraga, Lima Duarte, entre outros. Adoro!
Morte e vida Severina: A saga do retirante Severino é contada na obra de João Cabral de Melo Neto, O livro foi adaptado para o cinema em 1977 sob direção de Zelito Viana. Como parte do elenco, Stênio Garcia e Elba Ramalho. 
Capitães de Areia: baseado no livro de Jorge Amado, foi dirigido por Cecília Amado (neta do escritor) e lançado em 2011. O filme se passa em Salvador e tem Pedro Bala (Jean Luis Amorim) como protagonista. A trilha sonora foi feita por Carlinhos Brown. 
Cidade de Deus: 
O filme Cidade de Deus (2002) é uma adaptação do romance homônimo de Paulo Lins, que é baseado em fatos reais. Para escrever o livro, o autor utilizou parte do material coletado durante os oito anos em que trabalhou como assessor de pesquisas antropológicas sobre a criminalidade e as classes populares do Rio de Janeiro. O filme tem na direção Fernando Meirelles e Kátia Lund. 
Lavoura Arcaica
O filme Lavoura Arcaica (2001) é uma adaptação mavailhosa obra, também homônima, de umas das maiores vozes da literatura brasileira contemporânea: Raduan Nassar. O filme conta com a direção de Luiz Fernando Carvalho, é um belo fime.

A Hora da Estrela:
 
O filme A Hora da Estrela (1985) é baseado no romance sobre o desamparo de Clarice Lispector, uma das maiores escritoras brasileiras, que possui o mesmo título. O filme é dirigido por Suzana Amaral.

Sonhos tropicaisDirigido por André Sturm e com roteiro também de André Sturm, Fernando Bonassi e Victor Navaso, o filmeSonhos Tropicais (2001) é uma adaptação do romance homônimo de Moacyr Scliar. 


A lista é imensa, impossível comentar todos! Temos ainda mais filmes incríveis como: Estorvo, Sargento Getúlio, Bonitinha mas ordinária, A cartomante, A hora secreta, A dama da Lotação, A estrela sobre, A falecida, A máquina.... Ufff 
Tem mais? 
Tem sim...
Aguenta aí!!

 Vou deixar logo uma lista imensa que é para não esquecer nada:

1.    A Marvada Carne (1985) (da obra de Carlos Alberto Sofredini)
2.    A Moreninha (1971) (da obra de Joaquim Manuel de Macedo)
3.    A Terceira margem do rio (1997) (baseado no livro “Primeiras Estórias”, de João Guimarães Rosa)
4.    A Vida dos Capitães de Areia (inspirado no livro “Capitães de Areia”, de Jorge Amado)
5.    Agosto (1993) (da obra de Rubem Fonseca)
6.    Ana Terra (1972) (da obra de Érico Veríssimo)
7.    As Confissões de Frei Abóbora (1971) (da obra de José Mauro de Vasconcelos)
8.    As Meninas (1995) (da obra de Lygia Fagundes Telles)
9.    As Três Marias (da obra de Rachel de Queiroz)
1.    Azyllo muito Louco (1970) (adaptação livre do conto “O Alienista” de Machado de Assis)
2.    Boca de Ouro (1962) (baseado na peça de Nelson Rodrigues)
3.    Bonitinha mas Ordinária (1981) (da peça de Nelson Rodrigues)
4.    Brás Cubas (1985) (do livro de Machado de Assis)
5.    Capitu (1968) (da personagem do livro “Dom Casmurro”; de Machado de Assis)
6.    Caramuru – a invenção do Brasil (2001) (do livro do Frei Santa Rita Durão)
7.    Cristo de Lama (1968) (do livro homônimo de João Felício dos Santos. Vida e obra de Aleijadinho, escultor barroco)
8.    Dom (2003) (inspirado em “Dom Casmurro”, de Machado de Assis )
9.    Dona Flor e seus Dois Maridos (1976) (do livro de Jorge Amado)
10.  Engraçadinha (1981) (da obra de Nelson Rodrigues)
11.  Enigma para Demônios (1974) (baseado no conto “Flor, telefone, moça”; de Carlos Drummond de Andrade)
12.  Estrela Nua (1985) (baseado num conto de Clarice Lispector)
13.  Faca de Dois gumes (1989) (baseado num conto de Fernando Sabino)
14.  Feliz Ano Velho (1987) (do livro de Marcelo Rubens Paiva)
15.  Fogo Morto (1976) (bas. no livro de José Lins do Rego)
16.  Gabriela (1983) (do livro de Jorge Amado)
17.  Grande Sertão: Veredas (1964) (da obra de João Guimarães Rosa)
18.  Guerra de Canudos (1997) (com José Wilker) (inspirado na obra Os Sertões de Euclides da Cunha)
19.  Incidente em Antares (1994) (bas. obra de Érico Veríssimo)
20.  Inocência (1983) (do livro de Visconde de Taunay)
21.  Iracema, a Virgem dos lábios de mel (1979) (do livro de José de Alencar)
22.  Jorge, um Brasileiro (1989) (bas. no romance de Oswaldo França Jr.)
23.  Jubiabá (1983) (do livro de Jorge Amado)
24.  Kuarup (1988) (bas. no romance “Quarup” de Antônio Callado)
25.  Lavoura Arcaica (2001) (do livro de Raduan Nassar)
26.  Lição de Amor (1976) (bas. na obra “Amar, Verbo Intransitivo”, de Mário de Andrade)
27.  Lisbela e o Prisioneiro (2003) (da obra de Osman Lins)
28.  Lucíola, o Anjo pecador (1975) (do livro “Lucíola”, de José de Alencar)
29.  Luzia Homem (1984) (trechos do livro de Domingos Olímpio)
30.  Macunaíma (1969) (do livro de Mário de Andrade)
31.  Memorial de Maria Moura (1994) (do livro de Rachel de Queirós)
32.  Memórias do Cárcere (partes I e II) (1984) (do livro de Graciliano Ramos)
33.  Memórias Póstumas (2001) (da obra de Machado de Assis)
34.  Menino de Engenho (bas. no livro de José Lins do Rego)
35.  Meu Tio Matou um Cara (2005) (do livro de Jorge Furtado)
36.  Morte e Vida Severina e Quincas Berro DÁgua (1977) (sobre o poema de João Cabral de Melo Neto e o livro “A Morte e a morte de Quincas Berro Dágua”, de Jorge Amado)
37.  Navalha na Carne (1997) (da obra de Plínio Marcos)
38.  Noites do Sertão (1984) (da obra de João Guimarães Rosa)
39.  O Auto da Compadecida (2000) (da obra de Ariano Suassuna)
40.  O Beijo no Asfalto (1980) (da obra de Nelson Rodrigues)
41.  O Boca do Inferno (1974) (sobre o poeta baiano Gregório de Matos)
42.  O Bom Burguês (1982) (da obra de Oswaldo Caldeira)
43.  O Caçador de Esmeralda (1979) (sobre o poema de Olavo Bilac. História de Fernão Dias)
44.  O Casamento (1975) (apresentação Arnaldo Jabor. Baseado no romance de Nelson Rodrigues)
45.  O Corpo (2001) (bas. no conto de Clarice Lispector)
46.  O Cortiço (1978) (do livro de Aluísio Azevedo)
47.  O Grande Mentecapto (1989) (bas. no livro de Fernando Sabino)
48.  O Guarani (1996) (do livro de José de Alencar)
49.  O Homem Nú (1997) (da obra de Fernando Sabino)
50.  O Menino e o Vento (1966) (baseado no conto “O Iniciado do Vento”, de Aníbal Machado)
51.  O Meu Pé de Laranja Lima (1970) (da obra de José Mauro de Vasconcelos)
52.  O Pagador de Promessas (1962) (da obra de Dias Gomes)
53.  O Saci (1953) (baseado na obra de Monteiro Lobato “Pica-Pau Amarelo”)
54.  O Seminarista (1977) (da obra de Bernardo Guimarães)
55.  O Sobrado (1956) (bas. na obra de Érico Veríssimo)
56.  O Tempo e o Vento (1985) (da obra de Érico Veríssimo)
57.  O Vestido (2003) (bas. no poema “O caso do vestido”, de Carlos Drummond de Andrade)
58.  O Xangô de Baker Street (2001) (do livro de Jô Soares)
59.  Orfeu (1999) (bas. na peça “Orfeu da Conceição”, de Vinícius de Moraes)
60.  Orfeu Negro (1959) (obra-prima de Marcel Camus; versão da peça “Orfeu da Conceição”, de Vinícius de Moraes)
61.  Outras Estórias (1999) (da obra de João Guimarães Rosa)
62.  Para Viver um Grande Amor (1984) (Inspirado no célebre musical “Pobre Menina Rica” , de Vinícius de Moraes; com Patrícia Pillar e Djavan)
63.  Pastores da Noite (2003) (da obra de Jorge Amado)
64.  Perdoa-me por me Traíres (1980) (da peça de Nelson Rodrigues)
65.  Policarpo Quaresma, herói do Brasil (1998) (da obra de Lima Barreto)
66.  Quanto Vale ou é Por Quilo? (2005) (livre adaptação do conto “Pai Contra Mãe”; de Machado de Assis)
67.  Quincas Borba (1986) (do livro de Machado de Assis)
68.  Sagarana – O Duelo (1973) (da obra de João Guimarães Rosa)
69.  São Bernardo (1971) (do livro de Graciliano Ramos)
70.  Sargento Getúlio (1983) (da obra de João Ubaldo Ribeiro)
71.  Senhora (1976) (do livro de José de Alencar)
72.  Sinhá Moça (1952) (baseado no romance de Maria Dezonne Pacheco Fernandes)
73.  Soledade (1976) (da obra “A Bagaceira”, de José Américo de Almeida)
74.  Sonhos Tropicais (2002) (baseado no romance de Moacyr Scliar)
75.  Tabu (1982) (encontro de Oswald de Andrade e o compositor Lamartine Babo)
76.  Tati (1973) (da obra “Tati, a garota”; de Aníbal Machado)
77.  Tenda dos Milagres (1977) (da obra de Jorge Amado)
78.  Tieta do Agreste (1996) (baseado na obra de Jorge Amado)
79.  Um Certo Capitão Rodrigo (1969) (da obra de Érico Veríssimo)
80.  Um Copo de Cólera (1998) (da obra de Raduan Nassar)
81.  Um Só Coração (2004) (Rede Globo) (homenagem à cidade de São Paulo. Drama envolvendo os modernistas brasileiros)
82.  Vestido de Noiva (2006) (baseado na peça de Nelson Rodrigues)
83.  Viagem aos Seios de Duília (1964) (do conto homônimo de Aníbal Machado)
84.  Vidas Secas (1963) (do livro de Graciliano Ramos)


Agora sim! Lista completa! Se lembrou de algum que não está aqui, não deixe de comentar!

Beijos Amanda Bonatti

2 comentários:

  1. Olá!!
    Conhecendo o blog hoje!! :)
    Nossa, adoreeei essa lista de livros brasileiros que viraram filme! Muito bom para apreciar a nossa cultura, né? Eu só sou uma vergonha, porque acho que só assisti Memórias Póstumas e o Auto da Compadecida. Vou mudar isso jáá!! hehe
    Vou seguir com certeza!! ^^
    Beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamara, que bom que gostou do blog, indo conhecer o seu <3
      Aqui temos muita coisa sobre nacional, beijocas!

      Excluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.