[ColaborAutoras] Resenha Nacional: Nossas Asas - Sheila Lima Wing!!!

Olá Gente linda.

Hoje temos Resenha Nacional de Nossas Asas, uma antologia de contos que nos foi cedida pela nossa autora parceira Sheila Lima Wing!!!


Eu sou a Ingrid, ColaborAutora fofa do Clube do Livro 


Nossas Asas

Ano: 2015 / Páginas: 101
Idioma: português
Editora: Clube de Autores


Sinopse

Romance, drama e fantasia em seis contos que são conectados apenas por um elemento em comum: asas, reais ou simbólicas, físicas ou imaginárias, comuns ou fantásticas. Cada história traz uma emoção distinta, uma lição importante. "A Garota Alada" fala sobre diferenças e a capacidade que cada um pode ter de mudar a realidade do mundo. "Fragmentos de um Triste Fim" conta a história de uma mulher que precisava se despedir das lembranças do seu grande amor. "Virtualmente Seu" traz a confissão amarga de um homem que se apaixonou por uma amiga virtual. "Ficção Mortal" aborda o doloroso momento em que uma mãe precisa contar ao seu filho o grande crime que acabara de cometer. "A Fronteira Espelhada" nos mostra um mundo fantástico onde uma garota é capaz de interagir com curiosos seres mágicos. E "Desejo Eviterno", por fim, relata as memórias de um ser poderoso e imortal que detesta os humanos mas alimenta uma estranha obsessão por uma única jovem.
Skoob



Sheila Lima Wing


Biografia

Brasileira, nascida no Rio de Janeiro (favela da Maré), católica praticante, nerd, apaixonada por ratos Twister, por gatos e sonha um dia poder ter leões e dragões (sonhar não custa nada!) Escritora orgulhosa da saga DSA, participante da antologia "Amores Impossíveis" (CLEC 2012) e outros trabalhos de contos, blogueira do www.docesonhoalado.com desde 2011, Blogaholic, Bookaholic, Potterhead, Whovian, Star Warrior e muito mais!



Resenha




Conto 1: A Garota Alada

Ao nascer Glória foi considerada um verdadeiro milagre, pois tinha asas de anjo. Seus pais sempre a tratavam como se fosse de vidro, mantendo-a afastadas de todos. 

“Em nenhuma circunstância deixavam que alguém de fora chegasse perto o suficiente para descobrir o que havia de incomum em mim.”

As pessoas certamente, ficariam horrorizadas assim que a vissem e era isso que seus pais queriam evitar a todo custo. Entretanto, não poderiam protegê-la para sempre e diante da reação adversa que recebeu, Glória escondeu as suas asas por segurança. 

“Elas eram uma parte de mim. São uma parte de mim.”

Glória se manteve reservada e tinha poucos amigos. Certa de que jamais encontraria alguém que a entendesse o suficiente para que pudesse ter um relacionamento amoroso. Mas, quando menos esperava, conheceu alguém tão rejeitado quanto ela. 

Conto 2: Fragmentos de um triste fim

Christine tentava apagar as lembranças da vida que teve ao lado de João, livrando-se de todos os objetos guardados. Haviam enfrentado tantas coisas juntos. Sentia-se incompleta sem ele.

“... ela já não se sentia tão romântica quanto fora naquela época, quando o mero rumor da presença de João já provocava suspiros e sorrisos involuntários.”

Ela devia ter ouvido a mãe, João não era o tipo que permanecia por muito tempo no mesmo lugar. Era um sonhador.

Christine se agarrou a esperança de um retorno, porém, isso não aconteceu. Deixou de lado a família para viver com um homem imprevisível.

“... tudo que antes era seu paraíso se transformara num verdadeiro suplício.”

Todavia, surpreendeu-se com o que ocorreu quando colocava um fim nas últimas coisas que restavam. 

Conto 3: Virtualmente Seu

“Duvido que alguém neste mundo já tenha se sentido tão abissalmente distante de seu verdadeiro amor como me sinto agora.”

Ele era o “AnjoVirtual10” e ela a “EstrelaPúrpura3” conheceram-se através de um bate-papo na internet. Com o tempo ela se tornou essencial na vida dele. Até que ela não se conteve e começou a mentir tornando-se um falsário.

Tudo isto, porque achava que ela mascarava a sua vida, sempre desconfiado. Mas surpreendeu-se ao descobrir que ela estava sendo sincera o tempo todo.

“Vendo o alcance de sua altivez, passei a tentar impressioná-la, parecer ainda mais fascinante.”

Ele estava completamente encantado, contudo, as mentiras podiam acabar minando qualquer possibilidade de aproximação entre eles. 

Conto 4: Ficção Mortal

O pequeno Leo de cinco anos de idade, encontro a mãe em meio a uma cena traumatizante. Estava ferida e havia um corpo logo atrás dela. Diante disso preferiu inventar uma desculpa, afirmando que fazia parte de um filme.

“Acreditar naquilo não poderia fazer mal... sua mãe nunca contaria coisas que pudessem lhe machucar... não é?”

Ele ficou confuso, e por se tratar de sua mãe tinha o dever de confiar nela. Bloqueando todo tipo de comentários maldosos das pessoas. Leo insistiu para que a mãe contasse sobre a história do suposto filme e ela o fez.

“Enquanto pensava, começaram a soar sirenes atrás da multidão que os envolvia, e ele se obrigou a imaginar que eram carros cenográficos que estavam ali para tornar a cena ainda mais real.”

Tudo que a mãe dele queria, era evitar que ele descobrisse a cruel realidade dos fatos. Porém, ele nunca mais foi o mesmo depois do ocorrido. 

Conto 5: A Fronteira Espelhada

Lumi tinha 15 anos de idade e era uma garota com gostos exóticos que refugiava-se da realidade nas Terras Secretas. Embarcando em um conto de fadas, onde a tristeza não entrava e para chegar até lá, atravessava A Fronteira Espelhada. Sendo seu melhor amigo, um unicórnio chamado, Hausto.

O outro lado do espelho também faz parte de mim, por isso gosto dele. — explicou simplesmente.
Se fosse eu, ficaria aqui, deste lado das Terras Secretas. — insinuou o unicórnio ciumento.”

Mas, ela sempre voltava para ele. Lumi era determinada e destemida. Evitava o seu mundo de bolsos recheados e mentes vazias.

“Ela tocou o espelho infindo com a ponta dos dedos, fechando os olhos, e sentiu que girava cento e oitenta graus, embora não tivesse mexido nem um músculo.”

Conto 6: Desejo Eviterno 

Ele era um Lorde, poderia até mesmo ser considerado um deus. Havia feito uma escolha e precisava lidar com ela pela eternidade. Isto selou para sempre a sua permanência na Terra. 

“... uma das desvantagens de ser imortal, porém, é a de contemplar todos aqueles que fenecem e lamentar que o mesmo não aconteça justamente com aquilo que eu mais desejo esquecer...”

Sucumbiu aos encantos de Faith e acabou traçando um destino infeliz para ambos. 

“Enquanto procurava por minha enésima vítima — usando como disfarce a forma de um corvo —, eu finalmente a encontrei.”

Uma antologia de contos profunda e emocionante, com uma escrita leve e personagens cativantes. Contém um toque gótico e melancólico.

O meu conto favorito é Fragmentos de um triste fim, porque me surpreendeu muito.

A capa é linda e delicada, condiz com a trama em geral. A diagramação é criativa, recheada de ilustrações e a revisão ótima.

Dou cinco estrelas, favorito e recomendo!


Ingrid M. SNascida em 03 de outubro de 1993, é formada em Design de Moda, mora com o marido em uma cidade pequena e muito pacata no interior de Santa Catarina. Ama escrever desde criança, mas somente em 2014, resolveu publicar algo através do Wattpad.

É sonhadora, criativa, detalhista e muito teimosa, uma viciada em livros e chocolate, simplesmente apaixonada por dias frios e chuvosos. Gosta muito de 
desenhar, assistir comédias românticas e seriados. 



CONTATO: SITE  - FACEBOOK -  GRUPO NO FACEBOOK - SKOOB - WATTPAD  - AMAZON

Gostou dessa postagem??? Quer mais??? Que tal me enviar dicas superlegais sobre seus autores (a) favoritos, livros, séries, filmes, músicas, livros, entre outros assuntos? Deixem suas sugestões nos comentários...

Beijinhos Ingrid


2 comentários:

  1. Own, muito obrigada por essa resenha tão fofa! Fico feliz em saber que você curtiu os contos e gostou da diagramação, como ele é menorzinho pude caprichar mais nessa parte sem ficar muito caro.

    Mais uma vez, desejo muito sucesso!

    Beijinhos Alados ♥

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Ingrid pela resenha, me despertou o interesse pela leitura do livro.
    Parabéns, Sheila pela obra.
    Beijos.

    ResponderExcluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.