Postagem em destaque

[Promoção Mães Leitoras] com Rô Mierling e blogs parceiros (serão 7 ganhadores!)

Olá queridos leitores! Em comemoração ao Dias das Mães , a escritora Rô Mierling e blogs parceiros se reuniram para presentea...

[ColaborAutoras] Resenha Nacional: New Dream "Os Desafios da Vida" - Fernando Ferraz!!!

Olá Gente linda.

Hoje temos Resenha Nacional de New Dream "Os Desafios da Vida", cortesia da nossa parceira 
Editora Arwen, escrito pelo autor 
Fernando Ferraz!!!


Eu sou a Ingrid, ColaborAutora fofa do Clube do Livro 


New Dream
Os Desafios da Vida

Ano: 2016 / Páginas: 103
Idioma: português
Editora: Arwen


Sinopse

No norte da França, Albert descobre que a sua vida pode acabar em um instante. Em meio à luta pela sobrevivência, irá também tentar aprender a lidar com o perdão, o amor, a dor, o medo da morte e o desejo de ir a cada momento mais longe. Mas talvez nem todos os sonhos possam ser realizados...

O sentir do amor nada mais é do que a troca de intimidades, a força das atitudes que se tem.

Por isso, viva. Mostre seu lado mais lindo e não tenha constrangimento de ser o que você é. Amanhã tudo pode acabar.






Fernando Ferraz


Biografia

Fernando Ferraz é Mineiro, natural de Poços de Caldas, nascido em 1991. Desde seu primeiro livro, Ferraz vem sendo aclamado pela crítica. No ano de 2014, foi convidado para ingressar como Acadêmico na Academia Brasileira de Letras, com sede em Araraquara, sendo um dos mais jovens de lá. Nos anos anteriores, foi indicado a prêmios internacionais e em 2016 foi empossado como Acadêmico na Academia Poços-Caldense de Letras. 

Fernando Ferraz entrou no mundo literário com dezoito anos, no ramo da literatura fantástica, sendo chamado de maestro das letras por jornais, não só nacionais como também internacionais. 

"Fernando nos surpreende com sua narrativa clássica e ousada, fazendo o leitor adentrar no universo dos livros, de forma que perde a noção da realidade e da ficção." - Brazilian Times. 

Livros do autor: saga "Os Matadores da Meia-Noite", "O Grande Evento" e "O Leão engole o Sol", e o mais recente "Beijo proibido". 



Resenha


“O amor pode ser doloroso quando não mostrado com a mesma intensidade, ele pode até mesmo congelar seu coração.”

Albert Pierre nasceu em uma família desestruturada. Cujo pai, um pintor famoso, reconhecido em muitos países, entregou-se ao vício do álcool, quase levando toda a fortuna pelo ralo. Enquanto a mãe, Sophie, controlava o dinheiro e o fazia multiplicar.

Sophie já não suportava mais o marido e encontrava-se as escondidas com o jovem amante. A filha começou a namorar e logo engravidou, saiu de casa aos dezesseis anos de idade, retornando apenas para pegar sua mesada.

“Nós criamos nossos próprios demônios!”

Aos vinte anos de idade, Albert já tinha uma mente invejada, fato que o levou a Universidade de Letras. Conquistou muitos prêmios com seus textos memoráveis, tornando-se um exímio escritor.


Todavia, anos depois, o passado ainda o assombrava. Havia sido expulso de casa pelo pai, depois de uma discussão, e resolveu, ao contrário da irmã, ganhar seu próprio dinheiro. Seu primeiro amor, Emanuelle, uma pintora, o enganou, fazendo com que seus sentimentos ficassem em segundo plano e se tornasse perfeccionista ao extremo.

 “Seus dedos moviam-se pelo tecldo do computador de forma a dançar uma valsa bem ensaiada; sua respiração a cada cena transcrita mostrava emoção. Mas a emoção do amor não passava disso… dentro de casa um apaixonado, fora dela uma pessoa fria e sem sentimentos.”

Com o retorno de Emanuelle, a mente criativa de Albert não conseguia trabalhar direito. E, por um infortúnio da vida, depois de incômodos sintomas, ele descobriu que estava com um câncer muito severo em estágio quatro, com alta probabilidade de cura em estágios iniciais, mas o caso dele era especial, pois estava realmente avançado.

“A dor de ter sonhos frustrados machuca, mas o que mais machuca é não tentar realizar esses sonhos.”

Durante o seu período de tratamento, Albert empenhou-se em aprender a lidar com a dor, o amor e o perdão. Esquecer o passado não era nada fácil, mas seria necessário. Tomar uma atitude, lutar pela vida e não desistir era primordial. 

“Somos capazes de mudar nosso destino, mesmo que por pouco tempo.”


Um romance sensível, reflexivo e contundente. Que por ser narrado em terceira pessoa, permite maior abrangência. Transportando o leitor para a gélida Paris em um cenário melancólico.

É o primeiro livro do autor que leio e posso perceber uma escrita expressiva, detalhista e marcante, que chega a parecer poética. Envolveu-me do início ao fim, com personagens fortes e compassivos.

Apesar de ter sido uma leitura rápida, por conta das 103 páginas, traz importantes lições de vida. Mostra que devemos ser quem realmente somos e amar verdadeiramente, pois a vida passa num piscar de olhos.

A capa é linda, chamou a minha atenção, assim como a sinopse. A diagramação é delicada e a revisão ótima.

Dou cinco estrelas e recomendo!!!

Ingrid M. SNascida em 03 de outubro de 1993, é formada em Design de Moda, mora com o marido em uma cidade pequena e muito pacata no interior de Santa Catarina. Ama escrever desde criança, mas somente em 2014, resolveu publicar algo através do Wattpad.

É sonhadora, criativa, detalhista e muito teimosa, uma viciada em livros e chocolate, simplesmente apaixonada por dias frios e chuvosos. Gosta muito de 
desenhar, assistir comédias românticas e seriados. 



CONTATO: SITE  - FACEBOOK -  GRUPO NO FACEBOOK - SKOOB - WATTPAD  - AMAZON

Gostou dessa postagem??? Quer mais??? Que tal me enviar dicas superlegais sobre seus autores (a) favoritos, livros, séries, filmes, músicas, livros, entre outros assuntos? Deixem suas sugestões nos comentários...

Beijinhos Ingrid















3 comentários:

  1. Oii! Nossa, que história! Bem dramática mas que deve passar belas mensagens. Fiquei interessada em conhecer o livro, a premissa me conquistou, beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Tive a impressão que é muita tragédia e muita informação para um livro só. Parece interessante, mas não é bem o meu estilo. Parabéns pela resenha.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ingrid!
    Puxa! O personagem sofreu pra caramba! Mas gostei de ver que apesar de todas as dificuldades que a vida e a família lhe impuserem, ele ainda assim conseguia viver bem, manter a carreira, sobreviver. Acho que este é a lição essencial mais difícil de aprendermos, né? Realmente a escrita parece delicada e primorosa! A Arwen tem ótimos autores no seu time! ;)

    ResponderExcluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.