[Resenha Nacional] Para sempre – Glaucia Santos

Bom dia!!!
Sabe aquele livro gostoso como um daqueles filmes docinhos da sessão da tarde? Com esse foi uma leitura exatamente assim, sem grandes surpresas, mas com uma uma pegada romântica e emocionante. Eu já conhecia a escrita da Glaucia e como flui bem as suas histórias. A versatilidade para escrever vários estilos e se sair muito bem em gêneros totalmente diferentes é admirável.

Vamos deixar de enrolação e vamos para a resenha??

Let´s go!
 

Para Sempre - Glaucia Santos

Ano: 2015

Páginas: 358
Idioma: português 
Editora: publicação independente
SKOOB - AMAZON



*Livro cedido em parceria para resenha.


SINOPSE: Elizabeth e Justin se conheceram quando crianças. Foram melhores amigos e juntos descobriram o significado do amor e da paixão. Após um afastamento de dez anos, eles se reencontram e podem então viver esses sentimentos tão irresistíveis, lutando contra dificuldades, dramas e conflitos familiares. Mas a vida não é feita apenas de lutas; e com muita fé eles descobrem que o verdadeiro amor é capaz de transpor todos os obstáculos, valorizando cada pequeno gesto e momento, e que tudo vale a pena quando se tem a capacidade de amar e perdoar.
Uma estória comovente que vai arrebatar o seu coração!



RESENHA

PARA SEMPRE - GLAUCIA SANTOS


O livro começa com o casal Elizabeth (Lizzy) e Justin já em idade bem avançada. Ele está doente em seus dias finais, então Lizzy, que anotou em um diário uma espécie de memórias do passado do casal, vai nos dando uma narrativa emocionada que mescla passado e presente.
"Ele toca a minha mão e lentamente a conduz até a sua boca. Com um cálido beijo novamente toca a minha alma. Sinto o calor de seus lábios em meus dedos e o vejo fechar os olhos."
Descobrimos, então, como eles se conheceram através das recordações e das visitas ao passado. Elizabeth era uma menina que mudou com seus pais para uma pacata cidade do interior. Seu lar era totalmente desestruturado, com um pai bêbado e desempregado e uma mãe infeliz e frustrada que negligencia a filha e sustenta a família. 

Quando se muda conhece seu pequeno vizinho Justin e a família Stone. Com essa amizade Lizzy acaba por se refugiar a maior parte de seu tempo na casa dos Stones (pais de Justin). O tempo vai passando e a amizade dos dois vai evoluindo, e essa linda amizade toma as cores do primeiro amor e suas primeiras juras de um sentimento inocente e puro. Um dia, como em um pesadelo, Lizzy é avisada de que Justin e sua família irão se mudar. A dor em seu coração só não foi maior do que a promessa que Justin lhe fez ao ir embora com os seus pais:

-Nosso amor será Para Sempre.


Anos se passam e o destino dá um jeito de aproximá-los de uma maneira casual e dramática, mas agora ambos têm as suas vidas e seus mundos colidem. Será que o amor pode persistir após tantos anos adormecido? A resposta é fácil, já que no começo do livro como disse, eles estão juntos. Mas até o momento da união muitas águas irão passar por baixo da ponte e eles contarão com ajudinha de um menino travesso e inteligente (que, aliás, amei do começo ao fim do livro), Jhonny, o irmão mais novo de Justin. Vocês devem estar sem entender porque só agora ele foi mencionado na resenha, não é? Mas no inicio ele ainda não existia. Na verdade, o nascimento dele é um caso a parte, que você terá que ler para descobrir.... (nada de spoiller, ok?). Enfim, a historia deles é extremamente interligada e conforme o livro foi caminhando para o desfecho, mais eu me comovia e me divertia com as presepadas do menino.

Os Personagens:



O casal principal (Lizzy e Justin) se amam muito e tem uma boa química, mas algumas vezes eu tinha vontade de enforcar ambos pelas suas atitudes um tanto imaturas, mas (graças a deus) eles foram amadurecendo conforme passavam pelas adversidades (que não foram poucas). 

"Nós fazemos a compatibilidade . Você sente o mesmo que sinto por você . Não finja ! Diga o que sente , Lizzy ! - Ele ordenou._ Não tenho vergonha em dizer que te amo, mas voce parece sempre fugir do assunto . Diga que não é verdade ! Encare os seus medos ! Voce não é essa coisinha frágil que tenta mostrar . Então pare com isso ! "

Os pais de Justin me deram nos nervos em vários momentos com relação a super proteção a vida de Justin, enquanto  Jhonny era largado de lado. Eu queria entrar no livro em vários momentos e dizer: Hey, vocês tem dois filhos. O Jhonny é maravilhoso, deem valor e carinho para ele! Mas infelizmente eles não enxergaram a tempo. Acho que foi proposital para que o leitor reflita sobre esse tipo de relacionamento entre pais e filhos e suas predileções.

Quanto aos pais de Lizzy, bem, sem comentários. Do começo ao fim do livro não conseguia entender como podiam ser tão omissos, e em muitos casos, asquerosos (o pai dela principalmente) e egoístas.

Considerações finais.

O livro teve uma pegada a “La Sparks”: Emocionou, me fez sorrir e algumas vezes me provocou uma raiva imensa das atitudes dos personagens. Mais uma vez a escrita de Glaucia me cativou. Não posso dizer que o final foi surpreendente, mas agradou muito a forma segura que a autora levou os seus personagens ao desfecho. Sou difícil de chorar, mas confesso que o final e alguns dramas vividos pelo casal algumas vezes  fizeram meus olhos marejarem.

O primeiro amor da vida de alguém pode ser lindo, forte e avassalador, mas também podem deixar marcas e cicatrizes por uma vida inteira. Esse livro é para aquelas pessoas que acreditam que o amor é uma chama eterna capaz de sobreviver até mesmo a própria morte.



Com as palavras de Justin disse para Lizzy eu me despeço!

“Carpe Diem”
 (Tradução: aproveitar ao máximo o agora, apreciar o presente)
Que o amor não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure. (Vinicius de Moraes)


PLAYLIST PARA SEMPRE (POR: CLUBE DO LIVRO)






Como um presente deixo as músicas que me embalaram durante a leitura e que para mim, tem tudo a ver com o livro! Espero que tenham curtido a resenha. Não esqueçam de comentar. Beijocas!!!

Resenha: Giuliana Sperandio
Imagens: Tiradas da Internet
Vídeos: Youtube

24 comentários:

  1. Nossa fiquei impressionada com suas palavras, não esperava um romance assim.
    Gosto de amores intensos e histórias inspiradoras como esta.
    Realmente tem uma pegada meio Sparks, ligo acho que vou chorar em várias partes.
    Acredito sim que um amor de verdade sobrevive a tudo, inclusive a morte.
    Adorei a dica, com certeza entrou na lista.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Rízia foi uma leitura bem gostosa e bem rápida, vale muito a pena.
      Leia que vais gostar, beijos. ;)

      Excluir
  2. Ai que coisa fofa... não conhecia o trabalho da Glaucia e essa capa é linda ein?
    Já me ganhou aí... esse livro me lembrou um pouco Diário de uma Paixão e um outro livro, que esqueci o título agora. Adoro manter essas leiturinhas leves por perto pra desanuviar a mente depois de uma ressaca literária daquelas sabe? Depois da sua resenha a dica está mais que anotada.
    Todo sucesso à autora!

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Raíssa é tão gostoso quanto Sparks, gosto bastante da escrita da Glaucia.
      Leia vai amar.
      Beijos

      Excluir
  3. Olá, eu não conhecia a escritora e o livro parece ser interessante, gosto muito desse gênero e pelo que li na sua resenha o livro tem pontos que eu gosto em uma leitura, amo os livros do Sparks e se esse tem uma leve pegada do autor, já me deixou com uma pontinha de curiosidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim vai amar é bem leve e gostosa a leitura. Beijos

      Excluir
  4. Oi....
    Dificilmente romances me agradam. Muito menos me deixam curiosa mas aqui edtou eu curiosa por saber o que aconteceu com o casal e porque o irmão e8 um caso a parte....enfim é um livro que me agradou e eu pedia fácil.

    Ótima resenha

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise é um livro bem agradável de ler, leitura leve e indico mesmo pra quem não é romântica, eu mesmo não sou hahahahah.
      Beijos.

      Excluir
  5. Oi....
    Dificilmente romances me agradam. Muito menos me deixam curiosa mas aqui edtou eu curiosa por saber o que aconteceu com o casal e porque o irmão e8 um caso a parte....enfim é um livro que me agradou e eu pedia fácil.

    Ótima resenha

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não conhecia a obra, mas pelo que você disse é daquelas que nós sabemos desde o início que o casal fica junto no final e mesmo assim vale a pena acompanhar toda a jornada que os levou até lá.
    Essa questões da relação entre pais e filhos é bem interessante para se abordar em um livro e ainda tem o romance para dar uma amenizada na tensão.
    beijos
    diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari super recomendo é realmente daqueles romances que mesmo que seja uma história que saibamos que eles ficaram juntos queremos saber mais..
      Beijos

      Excluir
  7. Ah, gostei muito! Gostei demais da autora começar a narrar com o casal em idade avançada e de depois irmos descobrindo coisas sobre o passado deles, em mais de uma fase da vida. Isso que você falou dos pais do Justin não enxergarem que tinham que amar o Johnny também a tempo e o fato dele não estar presente no início da história me fez acreditar que aconteceu alguma tragédia com ele... tomara que eu esteja enganada, porque acho que o amor de Justin e Lizzy já deve proporcionar emoções suficientes. Quero ler!

    Beijo!

    Ju - Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju, não vou dar spoiller, a história familiar deles é um pouco secundária, mas bem relevante principalmente o Johnny eu me apaixonei por aquele menino se ler depois me diz o que achou, beijos.

      Excluir
  8. Olha eu ainda não conhecia esse livro, mas já o coloquei na minha lista de desejados da amazon e espero poder comprar em breve, porque gostei bastante da sua resenha abordando o romance. Mas eu ando um pouco enjoada e estou mudando um pouco de gênero, mas mesmo assim vou ver se já adquiro pra deixar guardado. Assim que tiver uma chance irei ler com toda certeza, porque o livro me parece ser muito bom e gostei de saber um pouco sobre a estória. Espero gostar também =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/luz-camera-e-acao-12.html

    ResponderExcluir
  9. Oi Silvana eu andava meio enjoada de romances também, mas esse foi algo tão leve que aproveitei bastante a leitura. É um livro não muito grande e não enche muita linguiça, então fui muito bem sem cansar. Leia e depois me diga o que achou, espero que goste .
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Lá vou eu de novo falar que não gosto de romances. Humpt! Nunca li nada do Nicholas, então não teno ideia de com é a escrita dele, e não consigo associar a informação que você deu sobre isso :/. Mas, gostei do plot desse aqui. e amei a última imagem que você colocou, de 2 senhores juntinhos. Se essa imagem resumir a história, me avisa que aí eu quero ler.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  11. Oi oi!!

    Eu não conhecia a autora nem mesmo a obra. E eu também não sou muito fã do NIcholas, mas imagino a felicidade da autora em ser comparada com um dos maiores do genero né?
    Eu adorei saber que o livro conseguiu arrancar algumas lágrimas suas <3

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  12. Olá!!!
    São tantos livros com o mesmo nome que até me confundi kkk. Não conhecia e confesso que não me chamou tanta atenção, parece ser um livro morno e com uma história muito parecida com outros que já li. O post está muito bonito e a playlist maravilhosa, não tenho o costume de ler ouvindo música, apesar dela está presente no meu dia a dia. Carpe Diem me trouxe uma sensação de nostalgia.

    Abraços
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  13. Realmente a pegada do livro lembra bem as história do Sparks, então já até posso imaginar como será o final dessa trama. Gostei de saber que o livro passa uma mensagem em relação a predileção de filhos, já que isso acontece em muitas famílias e pode sim afetar os demais envolvidos. Parabéns pela resenha, estou anotando a dica para conferir a história assim que possível.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  14. Eu sou da opinião que não é preciso um livro ser surpreendente para ganhar nossa atenção. As vezes a história pode seguir por um caminho seguro, mas ser contada de forma encantadora que conquista o leitor desde o primeiro momento. Não li o livro e nem nada da Glaucia, mas me pareceu que mesmo não tendo muitas surpresas o livro é envolvente e merece uma chance. Isso me fez ficar curiosa e querendo ler já que no momento meio que preciso ler uma linda história de amor :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  15. Oie,
    Sua resenha ficou ótima. Não me recordo ao certa, mas acredito que já li algum livro da autora. Bom, gostei de ver que ela tem segurança em sua escrita e é capaz de emocionar o leitor. Vou colocar o livro na lista e espero amar a leitura

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
  16. Oiie,

    Gente, lendo a resenha do livro também me lembrei do meu autor lindo preferido Nicholas <3. Romance é o meu gênero preferido, ainda mais quando o romance ultrapassa barreiras, e ficam até o fim, e por ser de autor nacional, colocando na minha lista de desejados para ler no ano de 2016. Parabéns pela resenha.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  17. Oi Giu! Eu gosto de criar personagens criveis e explorar as mazelas humanas.A família do Justin é um caso bem interessante, que faz o leitor discutir com as personagens. Lizzy e Justin batem cabeça até alcançarem a maturidade. Muitas das vezes tive vontade de socar Justin, mas esse é o lance legal do livro. Faz os leitores criar uma identidade com as personagens, pois são reais e cometem os mesmos erros que cometemos em nosso cotidiano.
    Eu agradeço imensamente pela resenha e peço desculpas pela demora. Estou ausente da internet por motivos pessoais.
    Obrigada de coração pelo carinho!

    ResponderExcluir
  18. Quero ler, adorei Vento no Litoral e super indico para qualquer pessoa que goste de história de amor, simplesmente encantadora!!! Parabéns Gláucia Santos.

    ResponderExcluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.