[ColaborAutora] Resenha Nacional: A Deusa da Guitarra -

Olá Gente linda.

Hoje temos Resenha Nacional de A Deusa da Guitarra, da autora Sasha Marshall, publicado pela nossa parceira Editora Coerência!!!

Eu sou a Ingrid, ColaborAutora fofa do Clube do Livro 


A Deusa da Guitarra

Ano: 2017 / Páginas: 342
Idioma: português
Editora: Editora Coerência



Sinopse

Minha história não é para quem tem coração fraco. Ela é repleta de lindos empecilhos e tragédias que beiram a aflição. Eu nasci no mundo do rock-n-roll, era uma mera menina, que só queria ter sua própria cara de guitarra. De alguma forma, entre amplificadores, acordes e guitarras, encontrei o meu lugar. Nasci para criar música e fazer a multidão ficar de joelhos… até ser interrompida. Até o momento em que, pensar em fazer parte disso tudo, sem a presença dele, me causava náuseas.

Pensei que pudesse fugir do rock-n-roll, mas não consigo. Meu irmão é um rock star, e todos os nossos amigos fazem parte dessa indústria. De uma forma ou de outra, tenho o pressentimento que serei sugada de volta, apesar de temer não sobreviver. Talvez eu tenha mais chance de sobreviver ao rock-n-roll do que de sobreviver ao Jagger Carlyle. Jag é o melhor amigo do meu irmão, vocalista principal e guitarrista da banda Broken Access. Eu o amo desde menina, mas a indústria da música e o meu medo de rejeição, me impediram de assumir esse sentimento por todos esses anos. Quando as faíscas começam a inflamar e o mundo se empenha em nos separar, chego a pensar se o amor será o bastante.

Minha história te fará chorar, seja por tristeza, ou por causa do Kip. Basicamente, Kip é um idiota, mas ele é o meu melhor amigo. Ele tem o hábito de me acordar com filmes pornográficos europeus ridículos, e tem o dom de dizer as coisas mais inadequadas. À noite, é baterista; durante o dia é meu parceiro de crime. Eu deveria ter me apaixonado por ele, mas ele nunca cala a p***a da sua boca. Ele sempre foi o meu porto seguro, e, quando meu coração é partido em dois pelo Jagger, é Kip quem fica ao meu lado.

A Deusa da Guitarra ganhou dois prêmios SIBA, o segundo lugar como melhor romance independente de Humor e segundo melhor New Adult. Ele é o primeiro volume de uma série, com uma forte protagonista, bad boys e muito rock. Não se trata de um romance clichê com rock stars; ele te levará a uma nova aventura, diferente de tudo o que você já viveu. Se você procura por uma história de redenção, com alívio cômico e conteúdo altamente sensual, você encontrou o que procurava. Se você se ofende com rock stars tatuados, sensuais, e com linguagem vulgar, esse livro não é para você. Leitura inadequada para menores de 18 anos. A série possui conteúdo sexual, violência e linguagem inapropriada.


Sasha Marshall


Biografia

Sasha Marshall é uma autora americana que vive em Macon, Georgia. Até o momento ela publicou os primeiros cinco livros da série The Guitar Face. Recentemente publicou o primeiro livro de uma nova série, denominado Under the Cornerstone. Sasha é casada, tem dois filhos e três cachorros. É bacharel em História da Arte, possui mestrado em Ciências Sociais e fez especialização em Educação Tecnológica. Seu livro de estreia “A Deusa da Guitarra” ganhou dois prêmios no Summer Indie Book Awards 2016, nas categorias Humor e New Adult.

Resenha

“Se eu soubesse o que teria acontecido, não teria feito nada diferente.”


O amor de Henley Hendrix pela música começou quando tinha apenas quatro anos de idade. Seu avô Red possuía um estúdio de gravação, onde Buddy, que na verdade não era tio dela, embora o chamasse como tal, tocava guitarra enquanto Henley o observava atônita. 




Então, depois de finalmente ganhar sua própria guitarra, ela sentia-se pronta para sua primeira e memorável aventura no mundo da música. Todavia, não imaginava que o caminho que escolheu teria tantos altos e baixos. 


“Sinto raiva, porque quando você atinge o ponto mais alto da vida, a única direção à qual você pode se mover é para baixo, e se trata de uma puta queda, demorada, assustadora e sofrida.”


Aos vinte e dois anos de idade, Henley tem uma banda chamada Abandoned Shadow e é considerada uma rainha do rock and roll que adora sexo e detesta romance. Koi, seu irmão, tem uma banda chamada Broken Acess, cujo melhor amigo, guitarrista principal, compositor e vocal de apoio, Jagger Carlyle é o homem por quem Henley tem uma queda desde o sexto ano do ensino fundamental. 


“Com 1,92 m de altura, é uma parede sólida de músculos. Seu corpo não chega a ser musculoso, mas é esguio e definido. Possui um abdômen no qual você adoraria comer suas refeições. Dessa forma, você poderia lamber todas as migalhas como uma boa garota. Jag é coberto de tatuagens em todas as partes interessantes, tem olhos azuis cristalinos, cabelo castanho-escuro bem curto, estilo militar, e aquela barba de fim de tarde. Tenho uma queda por barbas por fazer.”


Henley foi considerada um prodígio na guitarra desde os doze anos de idade e vive em uma indústria dominada pelo sexo masculino, onde grande parte dos vocalistas e guitarristas principais são homens. Isso faz com que eles tenham muito medo dela ou sejam extremamente corajosos para se aproximar. 




Eles não voltavam para casa há seis meses. As turnês eram esgotantes, pois quase não tinham tempo para descansar. Diante disso, quando tinham algum tempo livre aproveitavam para fazer tudo aquilo de que mais sentiam falta. 


“Ele joga a parte de cima do seu corpo sobre mim e me empurra contra o banco. Tomo coragem e olho no retrovisor pra ver o que está acontecendo, mas aí o mundo começa a virar de cabeça para baixo, até ficar certo novamente e virar mais uma vez. Cada vez que o pequeno carro capota, minha cabeça bate no teto e o cinto de segurança prende meu tronco e meus ombros com força.”


Um terrível acidente acontece depois de um show em Atlanta e Henley entra em choque diante da tragédia que provoca a perda de seu melhor amigo e integrante de sua banda, Caleb King. Ela não consegue dizer adeus, não consegue entender como se despedir, porque não haviam palavras suficientes para descrever o que sentia naquele momento. As coisas não seriam mais como antes. 


“Queria ser mais religiosa, porque, se fosse, talvez isso não estivesse acontecendo.”




Um romance erótico marcante e envolvente do início ao fim. Narrado em primeira pessoa pela perspectiva da protagonista, Henley, torna a trama ainda mais intensa. 

A escrita da autora é cadenciada e fluída. Os personagens são cativantes. O final é extremamente tenso e instigante. 

A capa é incrível. A diagramação é muito bem feita com diversos elementos relacionados a história. A revisão é exemplar. 

Dou cinco estrelas e recomendo para quem gosta do gênero!!!


Ingrid M. SNascida em 03 de outubro de 1993, é formada em Design de Moda, mora com o marido em uma cidade pequena e muito pacata no interior de Santa Catarina. Ama escrever desde criança, mas somente em 2014, resolveu publicar algo através do Wattpad.


É sonhadora, criativa, detalhista e muito teimosa, uma viciada em livros e chocolate, simplesmente apaixonada por dias frios e chuvosos. Gosta muito de 
desenhar, assistir comédias românticas e seriados. 



CONTATO: FACEBOOK - SKOOB - WATTPAD  - AMAZON

Gostou dessa postagem??? Quer mais??? Que tal me enviar dicas superlegais sobre seus autores (a) favoritos, livros, séries, filmes, músicas, livros, entre outros assuntos? Deixem suas sugestões nos comentários...

Beijinhos Ingrid





Nenhum comentário:

Postar um comentário


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.