[ColaborAutoras] Resenha Nacional: A Sociedade dos Corvos @EditoraCoerência

Olá Gente linda.

Hoje temos Resenha Nacional de A Sociedade dos Corvos, uma antologia publicada pela nossa parceira Editora Coerência!!!

Eu sou a Ingrid, ColaborAutora fofa do Clube do Livro 


A Sociedade dos Corvos

Ano: 2017 / Páginas: 300
Idioma: português
Editora: Coerência



Sinopse

A Sociedade dos Corvos é um grupo de autores e ilustradores apreciadores da literatura de mistério, terror, fantasia, suspense, drama e ficção policial.

Possuem em comum, a admiração pelo trabalho do autor norte-americano Edgar Allan Poe, cujo poema O Corvo, ajudou a batizar o nome do grupo.

Este projeto literário foi idealizado pela autora, C. B. Kaihatsu, reunindo novos talentos e o Mestre do Horror, R. F. Lucchetti, que escreve o prefácio e um conto como autor convidado.

Cada escritor e ilustrador presentes no livro são corvos, e cada corvo autor, dentro de suas particularidades, apresenta narrativas empolgantes, bem escritas e que prendem o leitor do início ao fim. Assim como pedem os contos de mistério. Os corvos ilustradores apresentam traços incríveis, únicos e característicos de cada um.


Resenha



A Sociedade dos Corvos é uma antologia de terror organizada pela autora C. B. Kaihatsu, constituída de contos escritos por 10 autores, repleto de ilustrações sensacionais. Sendo a escrita muito fluída, harmoniosa e cadenciada. Tudo se encaixa de maneira exemplar. 

Escolhi dois contos que mais gostei para contar um pouquinho sobre eles:


Sombras – C. B. Kaihatsu


“Ninguém sabe ao certo como tudo começou ou o porquê, mas é incontestável e notório que os primeiros indícios ocorreram na mesma época em que houve uma grande tragédia familiar na vida do pobre Jacob.”


Toda a família do jovem Jacob morreu em um acidente do qual foi o único sobrevivente e não sofreu nenhum arranhão. Ele ficou recluso durante semanas à fio no casarão onde morava, recusava-se a sair e a receber visitas. Logo, as crianças da região começaram a dizer que a mansão dos Wright era mal-assombrada. 

Depois de alguns meses Jacob finalmente decidiu sair à rua. No entanto, o passeio que começou alegre tornou-se um verdadeiro horror assim que ele percebeu que estava sendo seguido. Diante disso, voltou apressado para casa assustando a todos os empregados, escondendo-se amedrontado. 


“Talvez tivesse mais paz em seus sonhos. Mas que nada! Até em seus sonhos, ou melhor, pesadelos, essa terrível figura o perseguia.”



O Caso da Professora Rose – Natanael Otávio


“Alguns dizem que tenho memória fotográfica, às vezes até penso que sim, pois nunca me esqueço dos lugares, dos nomes, das coisas que vi e vivi. Por outro lado, não me esqueço também das paixões que tive, as dores que sofri, e entes queridos que partiram e, sobretudo, do meu amor por Mariana.”


Antônio Raphael é um jornalista investigativo que trabalhava no jornal A Região em Lince, interior de São Paulo. Todavia, encontrava-se em um presídio, acusado por um crime que não cometeu. 

Ele afirma com toda convicção não ter matado a professora Rose e seu marido Cláudio. Antônio foi apaixonado por ela na adolescência, mas ficou quase dez anos sem vê-la depois de terminar o ensino médio. Contudo, quando se reencontraram tiveram um breve romance, mas alguém entregou um vídeo que registrava Rose e ele saindo juntos de um motel, revelando seu caso. 

Depois disso, Antônio perdeu a noiva Mariana, mulher que ainda ama. Eles estavam prestes a se casar, porém, a descoberta do envolvimento dele com Rose e a prisão por assassinato levaram-na a terminar o relacionamento. 

Entretanto, ele estava determinado a provar sua inocência com a ajuda de um conhecido da polícia, um amigo de verdade, o investigador Dalton Lobo. Disposto a ter Mariana de volta em sua vida. 


“— Já vasculhei a minha memória em busca de alguém que quisesse me ver pelas costas, mas não encontrei ninguém. — Fitei o detetive como quem implora por um milagre. — Preciso sair daqui. A Mariana se casará e quero ter ao menos uma chance de reconquistá-la. Sei que errei ao traí-la, mas assassino não sou. Ela precisa saber disso.”


A capa é incrível, possui todos os atributos necessários para atrair o leitor. A diagramação é muito bem elaborada, antes de cada um dos contos há uma breve biografia. Uma edição maravilhosa, com ótima revisão. 

Dou cinco estrelas e recomendo!!!
Ingrid M. SNascida em 03 de outubro de 1993, é formada em Design de Moda, mora com o marido em uma cidade pequena e muito pacata no interior de Santa Catarina. Ama escrever desde criança, mas somente em 2014, resolveu publicar algo através do Wattpad.


É sonhadora, criativa, detalhista e muito teimosa, uma viciada em livros e chocolate, simplesmente apaixonada por dias frios e chuvosos. Gosta muito de 
desenhar, assistir comédias românticas e seriados. 



CONTATO: FACEBOOK - SKOOB - WATTPAD  - AMAZON

Gostou dessa postagem??? Quer mais??? Que tal me enviar dicas superlegais sobre seus autores (a) favoritos, livros, séries, filmes, músicas, livros, entre outros assuntos? Deixem suas sugestões nos comentários...

Beijinhos Ingrid




Nenhum comentário:

Postar um comentário


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.