Resenha Nacional- Memórias de Ellie White

Memórias de Ellie White

FICHA TECNICA
Edição: 1
Editora: Selo Jovem
ISBN: 978-85-66701-47-0
Ano: 2015
Páginas: 260
Categoria: Romance
Autor: Daniel Almeida

Sinopse: Ellie White é apenas mais uma adolescente normal no mundo, que vive uma vida monótona e tediosa. Mas após sofrer um acidente e ficar com graves lesões que poderão ocasionar em sua morte ou perda total e/ou parcial de sua memória, conhece Tyler O’brien e os dois começam um relacionamento. Repleta de dúvidas e incertezas pede dicas para sua melhor amiga, Elizabeth, de como deveria aproveitar seus últimos dias, dicas que ela não usa, por achar que não se aplica aos seus costumes. No entanto, Ellie começa a ter uma vida diferente por causa do seu relacionamento com Tyler, ela conhece novos lugares e passa por experiências magníficas que a fazem esquecer-se de seus problemas, mas as lesões ainda estão no interior do seu crânio. Sem um futuro definido, Ellie decide registrar todos os seus momentos felizes ao lado de Tyler, e somente o destino poderá definir o final dessa história.




O AUTOR:


Daniel Almeida, 17 anos. A primeira experiência como escritor foi no ano de 2013, quando escreveu uma peça de teatro para um trabalho da escola. No ano seguinte, 2014, publicouo primeiro romance. Passa o tempo livre escrevendo, ouvindo música, estudando. Já fez teatro, aulas de dança e atualmente está planejando seu futuro.
Outros títulos: Sempre Haverá Uma Esperança 
Facebook: facebook.com/DanielAlmeidaEscritor
Instagram: danielalmeida_





Resenha Nacional
Por: Jenny Martins

ADIVINHA QUEM ESTA DE VOLTA COM MAIS UMA RESENHA NACIONAL, E DA SELO JOVEM??

Isso mesmo, Nerd is back!!! Foi rápido dessa vez, né pessoal?  Nem deu tempo de vocês esquecerem que eu faço parte da equipe e aqui estou eu de novo rs. A review da vez é sobre o livro MEMÓRIAS DE ELLIE WHITE, mais um livro cedido pela nossa parceira Selo Jovem que eu...Bom, role a bolinha do seu mouse aí e confira as minhas impressões sobre o drama/romance escrito pelo jovem (só dezessete aninhos) Daniel Almeida.

Memorias de Ellie White: Narra a história de Ellie (óbvio) uma adolescente como uma vida monótona (chata pra caramba) que tem problemas de visão que podem leva-la a cegueira total, e uma mãe super protetora daquelas (pé no saco mesmo). Sem muitos amigos, Ellie tem uma amizade especial com Elisabeth, a melhor amiga que mora do outro lado do oceano.



Ellie tem sua vida transformada após sofrer um grave acidente de carro e ficar com graves lesões cerebrais que podem ocasionar na sua morte ou perda total/ parcial da memória. Dias depois de sair do hospital e se “recuperar” ela conhece Tyler O’brien um jovem encantador que se apaixona por ela à primeira vista. Contra a vontade da mãe que teme ver a filha sofrendo pelos danos causados pelas lesões, Ellie resolve seguir seu coração e engata um romance com Tyler. Vivendo intensamente e cada vez mais apaixonados os dois resolvem registrar todas as memorias de Ellie, para que tudo fique registrado caso as lesões venham a destruir a vida que eles construíram juntos.

“São nossas dúvidas que nos fazem correr atrás de nossas respostas, e o caminho pelo qual percorremos é conhecido como ações, nossas vidas são como um vasto caminho inesperado, um caminho escuro e apertado, não podemos ver o que possui lá no fim, não no ponto de inicio, não tão longe”

Correndo mais alguns capítulos nos deparamos com Ellie sofrendo fortes dores de cabeça que a levam a outro acidente, um desmaio no meio da rua a faz acordar numa cama de hospital e.... Bom, vou parar por aqui senão a leitura vai ficar sem graça quando vocês pegarem o livro para ler rs.


Memorias de Ellie White é um prato cheio para quem adora romances cheios de clichês e muito drama. A história precisaria ser amadurecida para conquistar mais leitores, mas a ideia central é uma boa jogada Parabenizo o autor que só tem dezessete anos pela ideia.

Eu gostei do livro no geral, mas algumas coisas me desagradaram. Os diálogos, por exemplo, podiam ser melhores desenvolvidos. Na minha opinião eles ficaram curtos e sem muito conteúdo, dando a impressão de que não eram tão importantes para a história. Também acho que os temas recorrentes, como as lesões da Ellie podiam ter uma abordagem mais profunda. Eu adoro aprender enquanto leio, então seria interessante se o autor nos mostrasse a sua visão sobre o problema.
O livro também possuiu alguns erros de revisão e a diagramação não me agradou como eu esperava. Problemas que, acredito eu, serão corrigidos numa segunda edição.


A capa me agradou demais, gostei do fato de não ter um rosto aparente, acho que o mistério envolvendo a identidade da Ellie veio a calhar. É sempre bom poder imaginar e criar a personagem dentro das nossas cabeças, né rs.

Uma coisa que não posso deixar de comentar é: sobre as memorias da Ellie,que dão nome ao livro Eu gostei do modo como o autor as introduziu na história, dando ao leitor mais informações sobre o passado da personagem. Ao meu ver só as separações ficaram confusas, mas isso não tira o brilho da narrativa.
Também gostei do final, apesar de ser algo que eu já esperava — Clichê — o acontecido fechou o livro com chave de ouro.

Amores, eu tentei não jogar muito spoiller na resenha, e me limitei a falar das coisas já contidas na sinopse. Eu ainda tô aprimorando o meu estilo de resenhar, por isso, se não for pedir muito, deixe um comentário aí em baixo pra eu saber se estou no caminho certo. Para você faltou informação? A review ficou grande demais com informações de menos? Devo focar mais na história e deixar a minha opinião para o final ou estou no caminho certo? Não esqueça de comentar, eu prometo ler e responder a todos. Beijos e até a próxima!!!



7 comentários:

  1. Olá, achei sua resenha muito boa; eu também já li esse livro e concordo com suas opiniões sobre ele.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Não conhecia o livro, a sinopse me pareceu bem interessante. Deu para perceber que tem um drama bem interessante nessa história. Não me importo de encontrar clichês nos livros, acho que um clichê as vezes até ajuda a deixar o livro mais interessante, principalmente em romances. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi Jenny, sua linda, tudo bem?
    Não conhecia essa história ainda e confesso que depois das suas considerações, acredito que não o leria. Uma pena que o autor não desenvolveu os diálogos. Gostei muito da sua resenha sincera.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Jenny!
    Caramba, só 17 anos e já tem 2 romances publicados? =O
    To muito atrasada, gente!
    Sobre sua resenha, achei bem sincera. Não conhecia o livro e a premissa dele é muito boa. Não tenho como saber dos diálogos já que não o li, mas uma base de pesquisa sobre a doença da protagonista é o básico em histórias como essa. Não é o primeiro livro que vejo que lasca vários problemas no personagem e não aprofunda nenhum deles. Entretanto, não tenho problemas com clichês desde que eles sejam bem utilizados.
    Espero ter ajudado! Sucesso ao autor! beijo!

    ResponderExcluir
  5. Conforme ia lendo a resenha ia também lembrando do filme "como se fosse a primeira vez". A ideia geral é bem parecida. Como gostei do filme,
    Provavelmente iria gostar do livro.

    O fato do autor ser tão novo também precisa ser levado em consideração quando medimos coisas como "experiência de vida" e "maturidade para desenvolvimento de determinados temas".

    ResponderExcluir
  6. Oi Jenny!
    Sua resenha ficou ótima, muito completa e com os detalhes certos sobre o enredo. Nem parece que você está começando a resenhar!
    Esse autor tem 17 anos!!!! Meu Deus, com essa idade nem me passava pela cabeça escrever o quer que fosse e com certeza a pouca idade dele deve ser considerada para analisar o livro. E como você disse que a ideia é boa, eu quero ler com certeza.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Adorei sua resenha!! Porque foi sincera, honesta e respeitosa. Tanto para o leitor quanto para o autor. Gostei de como você separou a resenha porque me ajudou achar o que procurava sobre o livro, acho que cada um tem seu jeito e o estilo se desenvolve lendo outras resenhas e principalmente escrevendo!! Sucesso!!
    Elis ♥ Clube do Farol

    ResponderExcluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.